Amigos e familiares dão último adeus ao bailarino do Balé Folclórico da Bahia

Notícias
16 de março de 2015
por Genilson Coutinho
Foto: G1

Foto: G1

Amigos, familiares e admiradores conduziram em clima de forte comoção, o corpo de um dos principais bailarinos do Balé Folclórico da Bahia (BFB), Reinaldo Pepê, 40 anos, no cemitério Campo Santo, na Federação, em Salvador, nesta segunda-feira (16). A vítima, assassinada com golpes de faca na barriga e no pescoço, foi enterrada. Amigos  próximos acreditam que ele tenha sido vítima de homofobia. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) identificou um suspeito e tenta localizá-lo.

O fundador  do Grupo Gay da Bahia (GGB), Luiz Mott, aponta que é o oitavo assassinato de homossexuais no estado em 2015 e o 62º em todo o país. “Enviamos um ofício para a SSP (Secretaria de Segurança Pública da Bahia) para que seja feita uma apuração rigorosa. Por ele ser homossexual, já é um agravante, torna-o mais vulnerável”, comenta.