Vítima de agressão no Rio Vermelho faleceu na madrugada desta segunda-feira (11)

Notícias
11 de julho de 2016
por Genilson Coutinho

Atualizada em 11 de julho às 14h

O estudante Leonardo Moura, que foi vítima de homofobia no último sábado (9), no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, não resistiu aos ferimentos e à cirurgia realizada no último domingo (10) e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE). De acordo com familiares, o rapaz passava bem e chegou a conversar com parentes que estavam na unidade hospitalar.

Leonardo Moura foi brutalmente espancado, que o fez perder um dos rins. Em contato com o Dois Terços, a irmã da vítima afirmou que o crime teria sido motivado por homofobia, pois “não tem outra justificativa, já que ele não foi roubado”, disse Claudia Moura, que iria registrar a   queixa no Centro Municipal LGBT,  solicitando apuração do caso.

Jovem é espancado no Rio vermelho

Informe sobre sepultamento de Leo Moura O sepultamento do jovem Leonardo Moura acontecerá nesta terça-feira (12), às 10h, no cemitério do Campo Santo.