Márcia Short canta Elza Soares

Sem categoria
22 de março de 2011
por Genilson Coutinho

No próximo sábado (26), o público baiano poderá conferir a atuação de duas cantoras baianas prestando homenagem à artista Elza Soares. Trata-se da segunda temporada da peça ‘Se Acaso Você Chegasse’, que desde a semana passada, em comemoração ao mês das mulheres, traz a participação de diversas cantoras no espetáculo. Na sexta feira (25), uma atriz surpresa desempenhará o papel da artista. No sábado (26), quem interpreta Elza é a cantora Juliana Ribeiro. Já no domingo, quem dá vida a homenageada da noite é a cantora baiana Márcia Short. Produzido pela Arte Sintonia Companhia de Teatro e dirigida por Antônio Marques, a peça ‘Se Acaso Você Chegasse’ reúne uma equipe de experientes atores que, através da interpretação nos palcos, reproduzem a trajetória tumultuada e o talento ímpar da artista Elza Soares.

BOX DE SERVIÇO

O que: Peça “Se Acaso Você Chegasse”, com participação de Juliana Ribeiro e Marcia Short

Quando: sexta (25), sábado (26) e domingo (27), – a temporada segue até o dia 27, sempre as sextas, sábados e domingos

Horário: 20h

Local: Xisto Bahia, nos Barris

Quantidade de público por espetáculo: 210 pessoas

Valor: R$ 20,00 (Inteira) e R$ 10,00 (meia)

Informações: (71) 8846-1928

Vendas: No local

SOBRE MARCIA SHORT – Com 20 anos de carreira, a intérprete Marcia Short tem uma trajetória musical reconhecida e aplaudida em todos os passos onde passa, dentre eles: Banda Mel, Bandabah, Timbalada. Short alcança graves e agudos com a mesma facilidade e entoa do samba-reggae ao MPB ou axé. Com 4 discos gravados, a cantora deixou o Brasil boquiaberto com o swing da sua voz. Foram muitos sucessos como ‘Conversa Fiada’, ‘Swing da Neguinha’, e ‘Crença e Fé’.

SOBRE JULIANA RIBEIRO – A cantora Juliana Ribeiro é natural de Salvador. Desde o início da carreira, em 2001, ela une pesquisa à criação artística. Como integrante do grupo Zaccatimuana, criou o conceito de Música Cultural Brasileira (MCB), voltado para as manifestações da cultura popular. Com A Quadra de Samba, dedicou-se ao estudo da musicalidade do Recôncavo Baiano e também fez parte do Quarteto Lucaia Jazz.