Madonna Celebra 58 anos nesta terça-feira (16); escolhemos 10 canções para celebrar a data

Comportamento, Social
16 de agosto de 2016
por Genilson Coutinho

Hoje é aniversário da nossa eterna Rainha do Pop MADONNA! Nascida Madonna Louise Veronica Ciccone, Mad como nós a chamamos com muito carinho saiu de Bay City no estado de Michigan USA para o mundo.

Ela se mudou para Nova Iorque em 1977 para seguir a carreira na dança moderna. Após se apresentar nos grupos musicais Breakfast Club e Emmy, ela lançou seu álbum de estreia em 1983. Em seguida, uma série de álbuns bem sucedidos a trouxeram popularidade, quebrando as barreiras do conteúdo lírico da música popular tradicional e da imagem em seus videoclipes, que se tornaram constantemente exibidos na MTV. Ao longo de sua carreira, várias de suas canções se tornaram bastante lembradas e executadas, entre elas “Like a Virgin”, “Papa Don’t Preach”, “Like a Prayer”, “Vogue”, “Frozen”, “Music”, “Hung Up” e “4 Minutes”. Madonna tem sido elogiada pela crítica por suas produções musicais diversificadas que servem ao mesmo tempo como meio de chamar atenção para controvérsias religiosas e sexuais.

Sua carreira foi reforçada por participações em filmes que começaram em 1979, apesar dos comentários mistos. Ela ganhou aclamação da crítica e um Globo de Ouro de Melhor Atriz em Comédia ou Musical por seu papel em Evita, mas tem recebido duras críticas por outros papéis no cinema. Outras ocupações de Madonna incluem ser escritora de livros infantis, diretora de cinema, produtor,desenhista de moda e empresárioa, sendo nesta última, tendo destaque com a fundação da Maverick Records em 1992.

Madonna já vendeu mais de 300 milhões de discos no mundo inteiro e é reconhecida como a Artista musical feminina mais bem sucedida de todos os tempos pelo Guinness World Records.

A contribuição de Mad para a música e para a cultura pop vai muito além de seus trabalhos artísticos. Madonna sintetiza o espírito de nossa era, camaleoa como nenhuma conseguiu ser, ela soube se transformar junto com seu público mantendo-se no topo durante todos estes anos. Mad simboliza a liberdade de expressão, sexual, a força, e a alegria. Ícone fashion, polêmica e irreverente Mad é um prato cheio para seus intermináveis fãs gays mundo afora.

Veja abaixo a seleção que fizemos, especialmente para celebrar a data!

Confira o top 10:

1 – “Like A Prayer” (1989)

2 – “Music” (2000)

3 – “Live To Tell” (1986)

4 – “Into The Groove” (1985)

5 – “Justify My Love” (1990)

6 – “What It Feels Like For A Girl” (2000)

7 – “Papa Don’t Preach” (1986)

8 – “Mer Girl” (1998)

9 – “Vogue” (1990)

10 – “Hung Up” (2005)