Espetáculos “Através do Espelho…” e “7 contra Tebas” encerram temporada nesta semana no Teatro Vila Velha

No Circuito, Teatro
24 de fevereiro de 2016
por Genilson Coutinho

Os espetáculos Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou e 7 contra Tebas, que estrearam em 2016 durante a 13ª edição do Amostrão Vila Verão, realizam últimas apresentações no palco do Teatro Vila Velha (TVV) nesta semana. Dirigidas por Márcio Meirelles no âmbito da Universidade LIVRE do TVV, as montagens levam à cena elencos numerosos, cujas interpretações transitam pela dança, canto e manipulação de instrumentos musicais diversos. Todas as sessões são acessíveis para cegos através do recurso da audiodescrição e os ingressos custam R$ 30 (inteira) e 15 (meia).  O Teatro Vila Velha é gerido pela Sol Movimento da Cena e é uma das 15 instituições apoiadas pelo programa de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou, clássico de Lewis Carroll escrito na sequência de “Aventuras de Alice no País das Maravilhas”, narra as histórias da personagem que, movida pela curiosidade, decide atravessar o espelho da sala de sua casa e se depara com seres e acontecimentos inesperados. A encenação escolhe um grande tabuleiro de xadrez como cenário e metáfora, e destaca as descobertas que surgem quando Alice confronta-se com o seu crescimento e a sua sexualidade. Será apresentada quarta e quinta, dias 24 e 25, às 20h.

Já a tragédia grega 7 Contra Tebas, escrita por Ésquilo e encenada em 467 a.C., mostra uma cidade sitiada, sob ameaças de invasão, e um governante que tenta a todo custo manter a ordem e a segurança da população. Criada há mais de 2.500 anos, a peça pouco se distancia de fatos e sentimentos recentes do cenário político nacional. Na trama, os herdeiros de Édipo, rei de Tebas, lutam pelo poder e provocam o desespero de virgens suplicantes, que cantam a voz da cidade.  A montagem marca também a conclusão da primeira turma da Universidade LIVRE do Teatro Vila Velha, após três anos de trabalho e 17 produções teatrais realizadas. O espetáculo entra em cena dias 26 e 27, também às 20h.

 Nova turma da Universidade LIVRE do Teatro Vila Velha

Após encerrar a temporada dos espetáculos, a Universidade LIVRE do Teatro Vila Velha abre seleção para novos participantes, que poderão integrar a próxima turma do projeto. Os candidatos participam de uma oficina com duração de três dias – 08, 09 e 10 de março, de 9h às 13h – e os selecionados seguem para uma oficina preparatória e classificatória, que acontece de 14 de março a 09 de abril, de segunda a sábado, de 9h às 13h. Na oficina de um mês, que tem supervisão de Marcio Meirelles, os integrantes terão contato com diversas áreas como interpretação (com Bertho Filho), voz e canto (Marcelo Jardim), percussão (Ridson Reis), dança (Marcelo Galvão) e yoga (Anita Bueno). As inscrições já estão abertas e podem ser feitas presencialmente no Teatro Vila Velha, de segunda a sexta, de 15h às 18h, entre 22 de fevereiro e 8 de março. O investimento para a oficina de três dias é de R$ 50. O investimento para a oficina preparatória –  apenas para os selecionados – é de R$ 400, com abatimento de R$ 50 referentes a oficina anterior.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

SERVIÇO:

Através do Espelho e o que Alice por lá Encontrou

24 e 25 de fevereiro

quarta e quinta, 20h

R$ 30 (inteira) e 15 (meia)

Classificação indicativa: 16 anos

Sessões com audiodescrição

7 Contra Tebas

26 e 27 de fevereiro

sexta e sábado, 20h

R$ 30 (inteira) e 15 (meia)

Classificação indicativa: 12 anos

Sessões com audiodescrição

 

Seleção para Universidade LIVRE do Teatro Vila Velha

Inscrições: 22/02 a 08/03, segunda a sexta, das 15h às 18h

Oficina de seleção: 8, 9 e 10/03, das 9h às 13h (valor R$ 50)

Oficina preparatória: 14/03 a 09/04, de segunda a sábado, 9h às 13h