Comunidade LGBT de Salvador lamenta morte do empresário e ator transformista morto em assalto na Praça da Piedade

Notícias
20 de janeiro de 2016
por Genilson Coutinho

O jovem empresário Enrik Assis das Neves, 30 anos, foi morto durante um assalto na Praça da Piedade, na madrugada desta noite desta terça-feira (19).

De acordo com  informações da Central de Polícia, Enrik foi baleado na cabeça e teve a mochila roubada na Rua da Forca. Ele sócio do Sex Shop VIP, que funciona na Avenida Sete de Setembro.

Câmeras de segurança de um prédio que fica em frente ao local do crime registraram a abordagem.

Nas imagens é possível ver o momento em que a mochila do empresário é roubada e ele é atingido pelo disparo.

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Enrik também era ator transformista e interpretava a personagem Lívia de Castro. O presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira, lamentou a perda no Facebook.

“Tá difícil conviver com essas expressões fatais de violência. Quem é que vai pagar por isso?! Minha solidariedade ao luto familiar nesse momento, minha indignação de como é que um canalha pode tirar a vida de alguém em um segundo”, escreveu.

O companheiro e amigos lamentaram nas redes sociais a morte de Erik

“Eu era puro carinho / Você..eterna saudade. / Eu era um raio de luz / E você,a claridade. / Juntos éramos amor, Metáforas e poesia. / Hoje só resta a dor / Sangrando em nostalgia”, escreveu o companheiro  Lucas Neves.

Amigos de profissão se manifestaram nas redes socais e recordaram a personagem Lívia de Castro e reclamaram sobre a violência em Salvador. “Muito triste saber que Lívia de Castro / Enrik Neves foi assassinado agora na Av. Carlos Gomes, rua onde morava. Tentativa de assalto. Quem vai ser o próximo?”, escreveu Scarleth Sangalo.

“Uma tristeza invade o mundo gay e transformista… perdemos dois grandes amigos da cena, seres iluminados se foram. Que Deus conforte a alma e a família de Lívia De Castro e Laila Paraíso”, declarou Mitta Lux.

Presidente do Grupo Gay da Bahia faz apelo ao Prefeito:

Na manhã desta terça-feira (20) , o presidente do GGB postou na sua pagina no Facebook um apelo.

Prefeito ACM Neto ilumine o centro da cidade

Coloque mais luzes no centro da cidade, assim, as pessoas podem ver os vagabundos e se defenderem. Na escuridão, qualquer um é vitima, inclusive fatal. Mais um crime no centro da cidade, dessa vez um canalha tirou a vida de Henrick Neves, empresario, casado em uma união estável. Pra roubar o melite matou um cidadão que paga impostos e contribui com a economia da cidade. Onde está a justiça.

Eu quero ver! Foi abatido na porta de casa. A Carlos Gomes que foi um lugar tão movimentado com bares e circulação de pessoas agora é quase um deserto e a noite é um breu, a escuridão reina. Conseguinte, os vagabundos ficam estreitas nos postes e nas esquinas esperando vitimas, inclusive moradores.

Prefeito ACM Neto, mande Rosema Maluf botar iluminação de holofotes ou mesmo lampadas de led em toda extensão da Carlos Gomes, Senador Costa Pinto, Avenida Sete do Campo Grande até o São Bento. Mande botar iluminação no Largo Dois de Julho e nos acessos ao largo. Botar iluminação na Praça da Piedade, atravessar a Praça a noite atravessar a Piedade é uma prova de vida.

A vagabundagem tá demais.O comércio existente nas Torres Gêmeas ( Edf Isabela e Vista Bela) Neste último sábado eu estive no local ás 21h40 para pegar uma amiga de carro e não havia nenhum estabelecimento aberto, e uma escuridão total. A violência tá uma desgraça, não é somente aqui em Salvador, mas no Brasil e no mundo. Entretanto, as pessoas precisam ser solidarias umas com as outras, sendo capazes de proteger umas as outras, fazer companhia em considerados perigosos, avisar a policia situações que sugerem violência, assalto, roubo e morte. Luiz Mott Atila Do Congo Beto Fagundes

  • Orion

    É uma pena, eu o conhecia pessoalmente. Fiquei chocado quando eu soube.