Cineclube Animassa exibe curtas-metragens

Cinema, No Circuito
12 de maio de 2016
por Genilson Coutinho

O Cineclube Animassa chega à sua nona edição neste sábado (14), às 17h, na RV Cultura e Arte no bairro Rio Vermelho, Salvador. Com objetivo de ampliar a exibição de filmes de animação para o público baiano, contribuindo para a formação de plateia para esse segmento audiovisual, o cineclube tem entrada gratuita e ainda oferece bate-papos especiais com os realizadores. A iniciativa é parte de uma programação voltada para artes gráficas realizada pela RV Cultura e Arte e é apoiada pelo Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz).
A curadoria do projeto fica a cargo de Rafael Saraiva e o programa dessa próxima sessão conta com seis curtas: Taking the plunge (dir. Elizabeth Ku, Marie Raoult, Nicholas Manfredi e Thaddaeus Andreades); Tempus Fugit (dir. Julia Simas e Vitor Moura); Parque pesadelo (dir. Aly Muritiba, Francisco Gusso e Pedro Giongo); Cães do Inferno (dir. Alessandro Corrêa); Terra (dir. Sávio Leite); e Oh Willy (dir. Emma De Swaef e Marc James Roels).

A exibição é parte de uma programação voltada para artes gráficas realizada pela RV Cultura e Arte e tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. Para mais informações, acesse: www.rvculturaearte.com

Outras edições

Já foram exibidos no projeto filmes como Guida (dir. Rosana Urbes) curta vencedor do prêmio Jean-Luc Xiberras, dado ao melhor primeiro filme do festival de Annecy 2015, Linear (dir. Amir Admoni) vencedor do Prêmio Carlos Saldanha de Melhor Curta-Metragem Brasileiro no festival Anima Mundi em 2012, e Dossiê Rê Bordosa (dir. Cesar Cabral) curta ganhador dos prêmios de roteiro e montagem do 36º Festival de Gramado. O cineclube recebeu ainda os realizadores Maria Carolina, Igor Souza, José Araripe, Emerson Almeida e Nara Normande para conservas sobre suas criações e o mundo da animação.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Serviço:

Cineclube Animassa – Sessão #9
Quando: 14 de maio, às 17h
Onde: RV Cultura e Arte (Av. Cardeal da Silva 158, Rio Vermelho)
Entrada gratuita (sujeita a lotação da sala)

Filmes desta sessão:
Taking the plunge
Elizabeth Ku, Marie Raoult, Nicholas Manfredi e Thaddaeus Andreades
Estados Unidos | 2015 | 7′
Quando o pedido de casamento de um jovem rapaz é posto em risco ele é forçado a mergulhar em águas desconhecidas para salvar seu plano.

Tempus Fugit
Julia Simas e Vitor Moura
Rio de Janeiro | 2015 | 3’15”
Confusa após voltar de um enterro pela primeira vez, uma menina inicia uma luta contra a inevitabilidade de sua própria morte.

Parque pesadelo
Aly Muritiba, Francisco Gusso e Pedro Giongo
Paraná | 2015 | 13’35”
As flores brancas nas costas do menino começaram a escurecer. Na guerra para salvar as lendas Jurupari está prestes a desaparecer.

Cães do Inferno
Alessandro Corrêa
São Paulo | 2015 | 12’21”
Em uma fronteira habitada por personagens brutais, onde diabo caça implacavelmente os renegados do inferno, dois ex-policiais desafiam a morte em busca de redenção e vingança.

Terra
Sávio Leite
Minas Gerais | 2008 | 5′
Coisas extraordinárias acontecem com pessoas ordinárias.

Oh Willy
Emma De Swaef e Marc James Roels
França | 2012 | 16’42”
Forçado a retornar para suas raizes naturistas, Willy segue seu caminho rumo a nobre selvageria.