HIV em pauta

Salvador registrou 1.530 novos casos de HIV no último ano

Redação,
06/12/2020 | 10h12
Foto: Genilson Coutinho

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde. Logo, os multicentros Carlos Gomes e Vale das Pedrinhas, postos administrados pelo ISAC – Instituto Saúde e Cidadania na capital baiana, aderiram ao Dezembro Vermelho, mês que marca a mobilização em todo planeta para prevenção da Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s).

“O autocuidado é a atitude certa para viver com segurança e bem-estar. A prevenção depende das nossas escolhas pessoais e a primeira delas deve ser evitar situações de risco. Se prevenir continua sendo a melhor maneira de evitar a Aids ou qualquer outra IST. Promover saúde e uma cultura do cuidado faz parte do Jeito ISAC de Ser. Por isso estamos engajados no movimento pela vida e na luta contra o preconceito”, destacou Vinícius Menezes, gestor de Assistência e Qualidade do ISAC.

Diagnóstico:
Ao conhecer o quanto antes a sorologia positiva para o HIV, a expectativa de vida do ser humano aumenta muito, quebrando assim, precocemente, a cadeia de transmissão do vírus.

Nos multicentros Carlos Gomes e Vale das Pedrinhas os beneficiários SUS soteropolitanos têm acesso à testagem rápida para detecção do vírus.

A coleta é feita a partir de uma pequena amostra de sangue ou por fluido oral. O exame pode ser realizado de forma anônima e o resultado sai em até 30 minutos. Os pacientes identificados com sorologia positiva são encaminhados para rede especializada para dar início ao tratamento com uma equipe multidisciplinar.

Prevenção:
Quando o assunto é prevenção, evitar situações de risco deve ser a primeira escolha. A prática de sexo seguro com o uso do preservativo tanto feminino quanto masculino continua sendo a melhor forma se manter livre da contaminação.

Nos multicentros de saúde também é possível fazer a retirada gratuita dos preservativos.