Notícias

Revista LGBT facilita inclusão trans no mercado

Redação,
03/03/2021 | 20h03
Foto: Divulgação

Prince Magazine é uma das revistas de estilo de vida LGBT mais conhecidas na Espanha, esta totalmente enfocada ao coletivo, fala sobre diversos temas como política, moda, saúde, cinema, cultura, música e tecnologia, a revista já teve na sua capa grandes celebridades nacionais como Jorge Javier Vazquéz, apresentador de Gran Hermano (Big Brother Espanha), a atriz e cantora Transexual Amor Romeira, o cantor David Lafuente e o conhecido ator internacional de Filmes pornô Allen King entre outros. Prince foi fundada no ano de 2017 por Mauricio Severo e Abidán Romanov (Co- fundador e editor), que também formou parte da famosa Revista Zero, uma das primeiras e mais importantes revista Gay do mundo fundada em 1998. Prince começou no mercado espanhol sendo distribuída gratuitamente nos bairros Gays das mais importantes cidades da Espanha, e a partir da sua segunda edição trimestral se começaram e ser vendidas em todas as bancas do país e enviada a subscritores em grande parte da Europa e América -latina.

Foto: Divulgação

  Os sócios e fundadores da revista fazem questão de produzir, editar, fabricar e distribuir

Mais de 50 mil unidades mensais da revista em todo o território brasileiro, pois Brasil é um país com grande capacidade para realizar toda essa matéria prima, ademais não faltaram leitores para disfrutar do enriquecedor conteúdo das suas publicações, isso sem contar que um 80% das suas vagas de trabalho serão exclusivas para profissionais LGBT. “ Justamente neste período de emergência e pandemia acreditamos que nós LGBT+, não podemos mais delegar nossos pedidos  a terceiros e ao mesmo tempo podemos ser uma grande força proativa para o pais, criar nosso espaço um ambiente seguro e sem discriminação, onde poderemos exercer nossas funções sem medo de sofrer algum tipo de bullyng”.Explicou Mauricio Severo.

     A redação central estará localizada na grande capital paulista e a sua produção e distribuição será realizada desde Curitiba, expandindo mais ainda novas oportunidades de trabalho, que também não tem a intenção de rejeitar nenhum tipo de profissional independente da sua condição  sexual.