Notícias

Televisão

Fox quase censurou episódio de Os Simpsons por conteúdo gay

Redação,
13/12/2020 | 23h12

O aclamado episódio de Os Simpsons, “Homer’s Phobia” foi quase censurado pela Fox por causa de sua representação de conteúdo gay, diz o site Pink News.

No episódio, a família faz um novo amigo gay, John, dublado por John Waters. Bart começa a usar roupas extravagantes e uma peruca, então Homer tenta assegurar sua heterossexualidade levando-o para caçar.
 

No final do episódio, John salva a vida de Homer e Bart após um acidente de caça bizarro. Homer muda de ideia e aceita John por sua sexualidade e diz a Bart para aceitá-lo também.

Bill Oakley, um showrunner da Fox, disse recentemente que recebeu muitas críticas dos censores da rede por “cada coisa no episódio que tinha a ver com ser gay ou a palavra ‘gay’”.

A folha de feedback tinha três páginas. A linha final dizia: “Todo o assunto e conteúdo deste episódio são inaceitáveis ​​para ir ao ar.”

Oakley e seu colega Josh Weinstein seguiram em frente com a produção do episódio de qualquer maneira. Em 1996, o estúdio liberou o episódio para transmissão. Foi ao ar pela primeira vez em fevereiro de 1997.

O episódio acabou ganhando um prêmio Emmy por programa de animação de destaque e um prêmio GLAAD Media por TV de destaque.
 

Os Simpsons foram elogiados por sua representação LGBT +

Patty Bouvier, uma das irmãs de Marge, revelou-se lésbica em um episódio da 16ª temporada, que foi ao ar em 2005.

Em 2016, Smithers se revelou gay, confessando seu amor pelo Sr. Burns, que o rejeita. O episódio intitulado “The Burns Cage” também contou com o abertamente gay George Takei, e referências ao Grindr.

O showrunner, Al Jean, também disse que vê Lisa Simpson “possivelmente poliamorosa”. Na 23ª temporada, um episódio mostrou uma versão futura de Lisa com duas parceiras, o que levou à teoria do fã original.