Vovó Arminda narra as suas dificuldades por causa da idade em “7 Conto”

Sem categoria
29 de fevereiro de 2012
por Genilson Coutinho

O banco é o lugar onde Vovó Arminda conta as suas dores de cabeça e infelicidades na peça “7 Conto”, do ator Luis Miranda. Como representante da terceira idade, a senhora reclama da forma como a sociedade trata as pessoas da mais velhas, especialmente nos serviços públicos. No banco, Vovó Arminda fala sobre a tecnologia dos caixas eletrônicos que por vezes dificultam a vida de idosos que não estão habituados com os terminais.

Outra crítica diz respeito à falta de educação da população em transportes coletivos e da ocupação de assentos destinados aos idosos. Muitas das situações cômicas na apresentação se tornam uma denúncia contra o descaso em relação a esse grupo que não recebe o devido cuidado e atenção da sociedade.

“Entrei no ônibus, tava uma mulher com um menino enorme, sentado. Aí eu fiz cara pra ela, olhei, regalei o olho, fiquei toda me fazendo de num sei o que, parecendo uma macaca pra ela me ver e ela nada. Eu não sei pra que serve aquele adesivo que diz velho e deficiente”. – Vovó Arminda
Serviço:
Espetáculo “7 Conto” | Temporada de Verão
Local: Teatro Jorge Amado
Data: sexta, sábado (20h) e domingo (19h) – ATÉ 4 DE MARÇO
Classificação: 14 anos
Valor: R$50 (inteira) e R$25 (meia)
Vendas na bilheteria do teatro: (71) 3525-9720/-9708