Viviany Beleboni atua em filme sobre abusos: ‘Feliz por representar as trans’

Comportamento, Social
14 de novembro de 2016
por Genilson Coutinho

Viviany Beleboni grava curta-metragem (Foto: André Leão/Divulgação)

Viviany Beleboni está investindo em sua carreira de atriz. Depois de ter protagonizado polêmicas performances na Parada Gay dos últimos dois anos, a modelo está no elenco do curta-metragem “O rio em mim”, em que vive uma transexual que aceita ficar com seu primeiro amor por medo de ficar sozinha. Para o papel, Vivi alongou os cabelos com megahair.

“Estou feliz por fazer parte de um projeto que ajuda as pessoas a refletir sobre o sofrimento de diversos tipos que as mulheres e trans sofrem na vida. Foi escolhido a dedo o casting de atrizes”, disse a atriz ao Ego.

“Minha personagem é uma trans que por falta de amor da família e amigos acabou se apegando em um homem que apenas pensa em si. Não é algo recíproco o que ela sente em relação a ele, mas ela se sente muito só e acaba aceitando o relacionamento por ser seu primeiro amor e sentir medo de ficar sozinha”, conta.

O curta tem direção de Elena Parravicini e é baseada em fatos reais.  “A história tem como enredo a romantização de relacionamentos abusivos, além do empoderamento da mulher como ferramenta fundamental de conscientização em caso de abuso. O roteiro é baseado em relatos reais de mulheres que vivenciaram abusos em suas mais distintas formas”, diz a diretora.