Vitoriosa: primeira mulher transexual de Salvador se forma psicóloga neste sábado (24)

Comportamento, Social
24 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

Foto: Arquivo Pessoal

Ariane Senna, 25 anos, superou os obstáculos na vida e colhe os frutos, ainda restritos para muitas do seu grupo. E agora ela, que estudou na Unime Salvador, pode se orgulhar de ser a primeira transexual formada em psicologia em Salvador e  na  Bahia.  A trajetória para chegar ao título não foi fácil para Ariane, que teve que superar a discriminação e até as dificuldades financeiras para estar na posição de bacharel em psicologia.

“Pensei em desistir por conta da discriminação. Nesse período, fazia programa à noite, voltava para casa para descansar e à tarde ia para a escola. Concluí o ensino médio porque imaginava que a única coisa que poderia me tirar da prostituição era o estudo”, conta.

A celebração desta luta será neste sábado (24), durante solenidade ao lado de mais 13 amigos de turma, familiares e amigos no Teatro  Villa Lobos, na avenida Paralela.