VIII Panorama Internacional Coisa de Cinema oferece oficina gratuitas com críticos

Sem categoria
8 de outubro de 2012
por Genilson Coutinho


Seguem abertas as inscrições para as oficinas gratuitas oferecidas pelo VIII Panorama Internacional Coisa de Cinema, que acontece entre os dias 25 de outubro e 1º de novembro em Salvador e Cachoeira. Os cursos acontecem somente na capital baiana. Os interessados contam com duas opções: “Fruição de Cinema e Crítica Cinematográfica” e “Gostoso de ver: uma revisão da pornochanchada brasileira”. A primeira oficina será ministrada por João Carlos Sampaio e a segunda por Adolfo Gomes, ambos críticos de cinema e jornalistas.
Com 20 vagas, as aulas de crítica acontecem entre os dias 22 e 26 de outubro, das 8h30 às 11h30, no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha. Os inscritos serão selecionados mediante o envio de uma resenha crítica ou texto opinativo de autoria própria sobre algum filme exibido este ano no circuito de cinema. O objetivo da oficina, oferecida pelo terceiro ano consecutivo, é possibilitar a percepção dos elementos técnicos e estéticos fundamentais para a avaliação de uma obra audiovisual. Desta forma, os alunos aprenderão sobre diferentes formatos de leitura fílmica, estudo do roteiro, aspectos da direção de arte no cinema, fotografia e câmera, além de montagem e finalização.

Assim como no ano passado, cinco alunos serão selecionados para participar do Júri Jovem do Panorama, o que significa que terão livre acesso aos filmes da competição oficial e serão responsáveis por esta premiação específica, etapa que terá o acompanhamento de João Carlos Sampaio. Três dos integrantes do Júri Jovem 2011 foram convidados pela coordenação do Panorama a integrar a equipe de curadoria que selecionou os filmes das mostras competitivas desta 8ª edição.

Restrita a maiores de 18 anos, a oficina sobre pornochanchada acontece entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, das 9h às 13h, na Sala Walter da Silveira, trazendo uma análise da evolução do gênero no Brasil e sua contribuição para a afirmação de uma identidade nacional no cinema. O tema será trabalhado por meio da exibição de trechos de filmes, contextualizando a cena cinematográfica brasileira do período, o exílio temático e físico dos cinemanovistas, a reação do cinema marginal e os pontos de contato e de tensão entre essas gerações. Quarenta vagas estão disponíveis e os interessados devem enviar currículo e carta de intenção.

Em ambos os cursos, o material pedido deve ser remetido para o e-mail oficinas.panoramacoisadecinema@gmail.com, sempre colocando o nome da oficina desejada no assunto da mensagem. As inscrições para a oficina de crítica se encerram no dia 12 de outubro e para o curso sobre pornochanchada seguem até o dia 19.

Acompanhe também o Dois Terços pelo Twitter
Curta a página do Dois Terços no Facebook