Vida Gay em Madrid

Sem categoria
28 de junho de 2011
por Fábio Rocha

Em Madrid, a cena gay se concentra em uma zona chamada Chueca, bem ao centro da cidade, bairro ao lado da Gran Via. Em linhas gerais, toda a cidade de Madrid acolhe bem o mundo gay e pode-se encontrar interessantes lugares de entretenimento gay em outros lugares da cidade.

A variedade é tanta, que se setoriza. Há points para tudo: lésbicas, ursos, adolescentes, barbies, senhores, transexuais e por ai vai. O bairro chueca é o mais efervescente, a toda hora, ou a qualquer dia, é bem movimentado. As lésbicas frequento mais o bairro Lavapiés, que é um bairro bem alternativo e cabe todas as tribos.

Embora estes bairros sejam predominantemente frequentados por gays, isso não significa que héteros não convivam e frequente também, o que torna tudo muito plural e leve, pois qualquer tipo de casal se beija livremente, sem sentir-se discriminado a olhares e críticas.

Os bares com shows de Travestis são os que começam antes, pois depois que a turma se diverte com as brincadeiras interativas dos artistas da casa, começam a sair para as discotecas vizinhas e são muitas. Rola também os bares temáticos: bares ‘de cuero’ (deve ir vestido só com couro), bares para travestis, bares chill out, bares flamencos e bares com espetáculos e gogoboys. Outros preferem ficar na praça, de maneira descontraída, conversando e flertando, já que há grande  movimento de pessoas que não para de descer e subir por todos os cantos. Impressionante é sair as 4 de algum bar ou disco e a rua estar cheia de pessoas, como se houvesse acabado de começar a noite.  Realmente Madrid é uma cidade 24h no ar.

Dia 02 de julho é o orgulho gay de Madrid e a cidade está com muitas festas e pessoas de toda a Eupora para o cortejo. Em um verão de 38 graus, Madrid está prometendo como a cidade da europa mais procurada para os eventos GLBTS, neste período do ano.

Foto: Marcelo Mendonça

Direto de Madri  Por

Marcelo Mendonça

design & webdesign

www.marcelomendonca.blogspot.com