“Velôsidades” mergulha na obra de Caetano Veloso; espetáculo estreia em abril em Salvador

Música, No Circuito, Teatro
22 de março de 2019
por Genilson Coutinho

“Velôsidades”, espetáculo que propõe mergulho na obra de Caetano Veloso, tem estreia no Teatro Vila Velha, de 4 a 14 de abril, de quinta a sábado, às 20h e domingo às 19h.

A encenação é fruto do projeto Caetanear, que desde janeiro vem realizando diversas ações artísticas, a exemplo de palestras, shows, mostra de filmes, oficinas, performances e festa inspirados na obra e vida de Caetano Veloso.

Caetano oferece ao público sempre uma possibilidade de si reinventar, tão sofisticada quanto popular. Uma fonte criativa de influência e motivação para que outros artistas estabeleçam criações autorais, que colocam em evidência o Brasil e o mundo de agora.

Este mergulho na vida e na obra do compositor é o mote principal para o espetáculo “Velôsidades”, que traz ao palco diversas apropriações das letras, músicas, pensamentos, movimentos e atitudes de Caetano Veloso.  A poesia, a crítica, a ironia, a contestação, o experimentalismo do imenso legado literário, musical, filosófico, visual estabelecido em mais de 400 composições e em mais de 50 anos de carreira serviram de fonte e matéria prima dessa obra.

Reunindo diversas linguagens, como dança, teatro, audiovisual, música, performance, funções técnicas versos artísticas e público versos performers, os criadores propõem uma cena que resgata uma característica presente na obra e na figura transformadora do artista, oferecendo ao público um espetáculo envolvente, que estabelece uma experiência visual e sonora e que constrói um universo poético para abordar temas atuais e universais, através de questionamentos políticos e sociais, referências mitológicas, relações amorosas, atitudes libertárias e, claro, princípios tropicalistas.

“Velôsidades” é uma co-produção Brasil–Espanha, que envolve mais de 15 artistas  criadores dos dois países. Os intérpretes Clara Garcia Espada (ES), Claudio Machado (BR) e Fabio Vidal (BR) unem-se aos cineastas Edson Bastos (BR), Henrique Filho (BR) e Alexis Borràs (ES) e formam o núcleo de desenvolvimento dessa nova encenação, em sinergia com Jarbas Bittencourt e Daniel Guerra, que assinam a criação coletiva. O espetáculo possui o figurino e maquiagem de Rino Carvalho, cenografia de Zuarte Junior e iluminação de Nando Zambia e Moises Victório.

Durante a temporada serão realizadas ações de mediação artística com escolas da rede pública e ações de acessibilidade com a interpretação em libras, em sessões gratuitas especiais, realizadas nos dias 5 e 12 de abril, às 14h.

 

Este projeto é desenvolvido pela cooperação entre o Território Sirius Teatro, a União Instável Criações, a Vôo Audiovisual, a Digital Film e a Multi Planejamento Cultural. O projeto foi contemplado no Edital Gregórios, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador e no programa Iberescena 2019 – Apoio à Coprodução de Espetáculos Iberoamericanos de Artes Cênicas.

Mais informações no site www.territoriosirius.com.br.

 

Serviço

Espetáculo Velôsidades

Período: 4 a 14 de abril

Horário: 20h (quinta a sábado) e 19h (domingo)

Local: Teatro Vila Velha (Av. Sete de Setembro, s/n – Passeio Público – Campo Grande)

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Classificação: 14 anos

Maiores informaçõeswww.territoriosirius.com.br

*Dias 5 e 12, às 14h, serão realizadas sessões gratuitas do projeto de mediação, com interpretação em libras.