V Mostra Possíveis sexualidades começou nesta quarta-feira, 17 de outubro, com exibição de curta-metragens e coquetel

Sem categoria
18 de outubro de 2012
por Genilson Coutinho


Começou nesta quarta-feira (17 de outubro), às 19h, em Salvador, a aguardada quinta edição da Mostra Possíveis Sexualidades na Caixa Cultural (Av. Carlos Gomes, 57, Dois de Julho) com a exibição dos curta-metragens “Quem Tem Medo de Cris Negão?” e “O Sapato de Aristeu”, ambos do cineasta René Guerra. Após a exibição, o público participou de um coquetel.

“Nós insistimos na Mostra com muito prazer e muito trabalho, configurando um projeto anual, que até hoje não teve interrupção numa cidade em que há poucas opções audiovisuais”, afirma Rodrigo Barreto, que assina a curadoria da mostra e que divide com a produtora cultural Fernanda Bezerra a idealização do evento. A V Mostra contou com a colaboração de Alberto Tuá, gestor cultural do Instituto Cervantes. “Nesta edição, pretendemos ter como audiência não apenas a comunidade LGBT mas, além dos simpatizantes, um público heterossexual maior”, lembra ainda Rodrigo.

A mostra traz em sua programação filmes de ficção e documentários com temática LGBT, que serão exibidos em três centros culturais de Salvador: Instituto Cervantes, Caixa Cultural e SALADEARTE Cinema do Museu.

“A Mostra Possíveis Sexualidades movimenta não apenas a cena cultural, mas ela tem uma importância maior no sentido de que trabalha para desnaturalizar a heterossexualidade enquanto norma de conduta social. A mostra traz filmes que apontam a quebra da norma e isso é extremamente positivo em uma cidade como Salvador. Nesta terça (16), tivemos mais um crime motivado por homofobia por exemplo”, ressalta Sueli Messeder, professora de antropologia da Universidade do Estado da Bahia.

O evento, que vai até domingo (21) também contemplará mesas-redondas, apresentações teatrais, debates, oficinas e mostra competitiva.

Acompanhe também o Dois Terços pelo Twitter
Curta a página do Dois Terços no Facebook