V de Viado dá início ao projeto Terças Pretas 2019

No Circuito, Teatro
27 de março de 2019
por Genilson Coutinho

Peça que aborda a homofobia e o racismo será encenada na próxima terça-feira, 02/04, 19h, no Teatro Vila Velha

Em 2019, o projeto Terças Pretas, do Bando de Teatro Olodum, acontece de abril a setembro, com edições mensais reunindo artistas do teatro, da dança, da música, da moda e da literatura, em espetáculos que valorizam a performance negra.

Para iniciar o projeto deste ano, a peça V de Viado, com texto e direção de Leno Sacramento (Cabaré da Rrrrraça, En(Cruz)Ilhada e Ó Paí, Ó) trará ao palco o ator Vagner Jesus, dando vida ao personagem Victor, que reverbera as vozes dos gays negros, que sofrem a dupla violência do racismo e da homofobia. O palco se transforma em uma sessão terapêutica para trata sobre as vivências de uma criança gay, negra, de uma família evangélica.

O espetáculo será encenado dia 02 de abril, às 19h, no Cabaré dos Novos do Teatro Vila Velha (Passeio Público – Campo Grande, Salvador) e contará com intervenções artísticas da drag queen Vera Veremos, personagem do ator Marcos Araújo.

Os ingressos para V de Viado, que custam R$20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia), já estão disponíveis para venda na bilheteria do Teatro Vila Velha (tel.: 3083 4600).

V de Viado é um ritual sensível, com direito à close, glitter, riso e grito, pela recuperação das humanidades usurpadas pelas políticas de eliminação. Cada ofensa e cada julgamento atribuídos aos pretos e viados, bixas pretas, por serem como são, se dissolvem nas afetividades, no autocuidado e no amor. É um convite a (re)existir com V de Viado, ato estético e ético.

Equipe V de Viado:
Atuação: Vagner Jesus
Texto e Direção: Leno Sacramento
Assistência de Direção: Alonso Natureza
Ligth Designer: Marcos Dedê
Trilha: Vagner Jesus
Produção: Luciene Brito
Realização das Terças Pretas: Bando de Teatro Olodum
Informações para a imprensa: André Luís Santana 71.99205-5179 / 98873-7047