“Um artista genial que perdeu o andar que o mundo tomou, ficou cristalizado”, diz Johnny Hooker sobre Ney Matogrosso

Notícias
23 de julho de 2017
por Genilson Coutinho

O cantor Johnny Hooker não gostou das declarações feitas pelo cantor Ney Matogrosso em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Ele revelou que não gosta do rotulo  de gay. “Nunca peguei essa bandeira, não me interessa. Acho que eu sou útil assim, falando, conversando. (…) Eu não defendo gay apenas, defendo índios, fiz um vídeo recentemente pedindo a demarcação de terras. Defendo os negros, que estão na mesma situação que viviam nas senzalas, estão presos aos guetos”, explicou o cantor .

Johnny Hooker lança canção “Flutua”, com participação de Liniker; ouça

Na sua página do facebook na última (20), Hooker afirmou que as palavras de Ney foram “desastrosas”. “É inconcebível ler a frase “Que gay o caralho, eu sou um ser humano” no país que mais mata LGBTs do MUNDO(!!). Vinda de um artista cuja carreira em grande parcela se apoiou na bandeira da luta dessa comunidade, de seu próprio público”, disse ele.

‘Que gay o caralho. Eu sou um ser humano’, diz Ney Matogrosso

E continuou : “Um artista genial que perdeu o andar que o mundo tomou, ficou cristalizado, um cânone. Não sei quais são os sinais a que Ney está atento agora mas acredito que eles devem chegar um tanto quanto embaralhados no alto de sua cobertura no Leblon. E em tempos de” Gay é o caralho” a única resposta possível é que vai ter gay pra caralho, vai ser gay pra caralho sim, cada dia mais gay, cada dia um level a mais igual Pokémon”, declarou.

  • Rogério Marcos

    Você não é nem de longe o cara que o Ney passaria o bastão. Tente fazer uma carreira.