UFBA será palco do ato pelo estado laico em defesa do projeto ESCOLA SEM HOMOFOBIA

Sem categoria
1 de junho de 2011
por Genilson Coutinho

Diversos estudantes e professores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) estão organizando um ato em defesa do estado laico e a favor do projeto Escola sem Homofobia, que será realizado na próxima sexta-feira, dia 3 de junho, às 18h, no Pavilhão de Aulas Glauber Rocha (PAF 3), no campus de Ondina, em Salvador. O ato contará com performances e as presenças de diversos pesquisadores e estudantes da sexualidade, gênero, “raça”/etnia e demais manifestações da diversidade existente em nossa sociedade.

“É preciso neste momento disputar uma imagem positiva do projeto Escola Sem Homofobia. A todo momento só vimos e ouvimos nos meios de comunicação ataques de quem ou não o conhece profundamente ou não compreende a sua importância. É fundamental termos uma escola e uma educação que rompam com a cultura de ódio, de preconceito e de violência. O Estado é laico e nós não aceitaremos que alguns deputados fundamentalistas religiosos barrem os avanços políticos e democráticos que estão presentes nesse projeto para o país, para nossa democracia e para a educação”, disse Vinícius Alves, estudante da UFBA, ativista do Coletivo Kiu!, coordenador da Associação Beco das Cores e membro do Comitê Estadual de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT do Estado da Bahia.

“A decisão de passar as políticas públicas pelo crivo dos religiosos fundamentalistas é um atentado à democracia, que coloca em risco todas as políticas públicas para as chamadas ‘minorias’. Isso é algo muito grave. O problema não é discutir, o problema é que com essas pessoas não existe discussão, existem verdades absolutas que todos deveriam seguir. Essa questão é um grave atentado ao estado laico”, declarou Leandro Colling, professor da UFBA, presidente da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (ABEH) e membro do Conselho Nacional LGBT.

O ato foi proposto pelo Coletivo Kiu! e é apoiado pela ABEH e pelo grupo em pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS).

Mais informações:

Vinícius Alves – 8796.1313

Leandro Colling – 8876.6486