Tulipa Ruiz encerra a terceira noite no Palco Estúdio do Som

Sem categoria
19 de janeiro de 2013
por Genilson Coutinho

Com músicas dos CDs “Efemêra” e “Tudo Tanto”, a cantora Tulipa Ruiz, subiu ao palco Estúdio do Som do Festival de Verão Salvador 2013, encerrando as apresentações da terceira noite. Dotada de uma poderosa presença de palco, Tulipa abriu a noite com “É”. “Vamos dançar que o repertório hoje é pra pista”, conduziu. O público obedeceu. Tulipa mostrou o que chama de “pop florestal” com canções poeticamente diretas, arranjos simples e melodias circulares embaladas por sua voz única, que fez David Byrne dizer: “Tulipa é uma das cantoras brasileiras da nova geração que mais me chamam a atenção”. Pela reação da plateia a cada música, eles concordam. “Estava no camarote de Daniela no carnaval e vi um baiano cantando: chapei!”, disse antes de cantar “Inventando Moda”, de Magary Lord. “A Ordem das Árvores” fechou a noite. “Aprendi que o palco é um lugar sagrado, de poder e experimentação”. Depois de assistir Tulipa, ninguém duvida disso.

Kart Love grava primeiro DVD no Festival de Verão

Com apenas dois anos de carreira, a banda Kart Love já arrebatou o coração dos fãs do arrocha e o Festival de Verão Salvador foi o local eleito para ser o cenário da gravação do primeiro DVD. “É importante gravar aqui, porque essa é uma festa que agrega muita energia. O Festival de Verão é quase um carnaval”, declarou Lucas Kart, vocalista do grupo. Com direito a chuva de papel picado e fogos de artifício no palco do Passarela do Ritmo, o público acompanhou a coreografia e fez coro ao som do mais novo sucesso “180, 180, 360”. Se o estilo inovador do arrocha universitário conquistou o público do maior festival de música do verão brasileiro, fazer parte da mistura de ritmos é um desejo antigo de Lucas. “Vim em todas as edições como espectador e tocar no Festival de Verão é um sonho realizado”, concluiu.