‘Transversais do Tempo II’ debates os rumos da musica brasileira

Sem categoria
25 de março de 2014
por Genilson Coutinho

Tendo como foco a abertura de novas perspectivas para a música brasileira, o projeto Transversais do Tempo traz para Salvador sua segunda edição, que ocorre na CAIXA Cultural, à Rua Carlos Gomes, 57, Centro, entre os dias 3 e 6 de abril, sempre a partir das 19h30. A proposta é reunir artistas, críticos e pensadores, como José Carlos Capinan, João Omar e Paulo Miguez, entre outros, para provocar o debate e apresentar músicos da nova geração para shows a cada noite. Para as apresentações musicais, já estão escalados os músicos cariocas Pedro Sá Moraes e Thiago Amud e as bandas Escambo e Nomad. Aberto ao público, mediante a doação de 1kg de alimento não perecível, o projeto é uma realização do Coletivo Chama, formado em 2012 no Rio de Janeiro.

Batizado em homenagem ao clássico de João Bosco e Aldir Blanc que marcou época na voz de Elis Regina, o projeto Transversais do Tempo teve início há dois anos no SESC do Rio de Janeiro. Nesta segunda edição ganhou um caráter itinerante e seguirá para outras cidades brasileiras no segundo semestre deste ano. “Ao longo dos últimos anos, debates, publicações e declarações bombásticas na mídia e nas redes sociais vêm trazendo à tona um estado de perplexidade e de questionamento nacionais a respeito dos caminhos da música brasileira, e do lugar que ela pode ocupar hoje em nossa sociedade”, justifica Pedro Sá Moraes, idealizador do projeto.

SERVIÇO:

O que: PROJETO TRANSVERSAIS DO TEMPO II

Onde: CAIXA Cultural Salvador – Salão Nobre – Rua Carlos Gomes, 57, Centro

Quando: 3 a 6 de abril de 2014, às 19h30

Quanto: Ingressos trocados por 1 Kg de alimento não perecível a partir das 9h do dia do espetáculo.

Classificação: Livre