Transexuais recebem homenagem da Polícia Militar de Recife no Dia da Visibilidade Trans

Notícias
29 de janeiro de 2015
por Genilson Coutinho

tvs

Nesta quinta-feira  (29) as militantes do movimento Trans do Estado de Pernambuco recebem da polícia militar uma homenagem pela atuação em defesa dos direitos das pessoas trans. O Coronel José Francisco Neto também ouvirá as reivindicações e denúncias desta população. Para Maria Clara, do GTP+, coordenadora da Marcha da Visibilidade Trans Ilusões e Membro do Mecanismo de Combate a Tortura da Secretária de Direitos Humanos do Estado, este diálogo é um passo importante no reconhecimento de direitos.

Para marcar o Dia 29, o Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) em parceria com a AMOTRANS e outros parceiros também realizam a II Marcha da Visibilidade Trans, com saída às 15h da Praça do Parque Amorim, sentido Quartel do Derby.  A transfobia no Brasil é tão grande que em menos de um mês o site Homofobiamata já contabiliza, hoje, dia 28 de janeiro de 2015, 10 assassinatos de travestis.

Acredita-se que as travestis são o grupo mais estigmatizado da comunidade LGBT, que sofre maior violência física, moral e psicológica. O movimento busca a redução do preconceito e da violência em relação a está população.

O Dia da Visibilidade Trans é celebrado todo dia 29 de janeiro, desde 2004. A data foi instituída pelo Movimento LGBT naquele ano quando, no Congresso Nacional, através do Ministério da Saúde, foi lançada uma campanha pela cidadania e saúde para o público de travestis e transexuais. A campanha foi intitulada “Travesti e Respeito”.  A data tem como objetivo ressaltar a importância da visibilidade e o respeito às travestis e transexuais na sociedade brasileira

Serviço:
15h00: Caminhada Trans
Concentração Praça do Parque Amorim – Recife (PE)
17h00: Cerimônia de homenagem às pessoas trans no Quartel do Derby