“Trançados de Memória de uma Atriz-Brincante” faz três apresentações em outubro

No Circuito, Teatro
30 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

Se as manifestações populares brasileiras são tão ricas artisticamente a ponto de servir de fonte de pesquisa para o universo criativo do teatro, uma bela e divertida demonstração disso está na aula-espetáculo “Trançados de Memória de uma Atriz-Brincante”, que volta a cartaz em Salvador, com apresentações nos dias 21, 22 e 23 de outubro (sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo às 18h), no Teatro Martim Gonçalves. Ingressos: R$ 20 e R$ 10.

Tudo gira em torno do Cavalo Marinho, festa tradicional da Zona da Mata Norte de Pernambuco, no qual a atriz Flávia Gaudêncio se debruçou para traçar um diálogo entre artes cênicas e cultura tradicional. Além da dissertação de mestrado, a investigação de dois anos virou montagem que vem ocupando palcos desde 2013. A temporada atual integra o projeto Prata da Casa, que comemora os 60 anos da Escola de Teatro e os 70 anos da Universidade Federal da Bahia.

Com realização da Escola de Teatro e produção do Coletivo Livre de Espetáculos, “Trançados de Memória de uma Atriz-Brincante” tem direção de Érico José de Oliveira e assume o formato de aula-espetáculo ao propor, além da apresentação, um diálogo com a plateia. “Eu conto, por meio dos elementos cênicos, como eu percorri essa investigação. Depois, as pessoas podem falar sobre a sua impressão e fazer perguntas”, explica Flávia.

No trânsito entre o Cavalo Marinho e as artes cênicas, a atriz conta ter descoberto, nesta tradição, vários elementos para se trabalhar no teatro, como a comicidade, os jogos e o improviso, além da dança, que é muito presente. “O espetáculo evidencia os elementos sonoros, imagéticos, táteis, motores e de memórias de uma das mais ricas manifestações populares brasileiras”, realça o diretor da aula-espetáculo, Érico José.

Trajetória – A aula-espetáculo “Trançados de Memória de uma Atriz-Brincante” foi contemplada pelo Fundo de Cultura do Estado da Bahia em 2012. De lá pra cá se apresentou em diferentes palcos de Salvador, como no Espaço Xisto Bahia (pré-estreia em 2012), Teatro Gamboa Nova (estréia em 2012) e Escola de Teatro da UFBA (2013), além de cidades como Irecê, Ilhéus, Cachoeira, São Felix, Maragogipe, Eunápolis, Jacobina, e também no estado do Ceará, na cidade de Russas. Ano passado, participou FILTE 2015 – Festival Latino Americano de Teatro da Bahia. Em 2016, foi convidada pelo Festival de Teatro do Vale do Jaguaribe (Ceará) para representar o nordeste.

 

FICHA TÉCNICA

Concepção e Atuação: Flávia Gaudêncio

Direção e Iluminação: Érico José

Figurino e Adereços: Tarcísio Almeida

Designer de novas mídias e cenário: PH Dias

Composição musical: Sônia Guimarães e Domínio Público

Fotografia: Alessandra Nohvais

Operação de vídeo e som: Sandro Souza

Tempo de Duração: 60 minutos

Faixa etária: 12 anos

Categoria: Comédia

SERVIÇO:

“Trançados de Memória de uma Atriz-Brincante”

Data: 21, 22 e 23/10 (sexta-feira, sábado e domingo)

Horário: Sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo às 18h

Local: Teatro Martim Gonçalves – Av. Araújo Pinho, 292 – Canela, Salvador

Ingressos: R$ 20 e R$ 10