TODXS Brasil lança edital para acelerar negócios de inclusão LGBTI+

Notícias
26 de outubro de 2020
por Helder Azevedo

Oito projetos receberão capital semente de R$ 3 mil e capacitação por um semestre

O Programa TODXS Impacto, acelerador de projetos da TODXS Brasil, lança edital para impulsionar o empreendedorismo social LGBTI+ no Brasil. Serão selecionados oito negócios de impacto social de todas as regiões do país e em diversas áreas de atuação (cultura, saúde, esporte, assistência social e jurídica, dentre outros). As inscrições podem ser feitas até dia 12 de dezembro de 2020 pelo link.

Para participar, basta que as equipes interessadas desenvolvam uma ideia de projeto, que resolva um problema ou contribua para a comunidade LGBTI+ no Brasil. Após a fase de seleção, as iniciativas selecionadas receberão, durante seis meses, capacitação de profissionais das áreas de projetos, como gestão financeira, marketing digital, formalização jurídica e captação de recursos. 

“Com o Impacto, a TODXS quer contribuir com ações locais que normalmente não conseguimos alcançar com nossos outros projetos. A ideia é fornecer uma base de conhecimento e recursos para que estes projetos sejam desenvolvidos e, assim, ampliar o impacto que a TODXS tem na nossa sociedade”, afirma o gerente do projeto, Lucas Couceiro.

Além disso, os projetos irão receber mentoria específica sobre o andamento do negócio. Após o encerramento da aceleração, eles serão acompanhados, mensalmente, até dezembro de 2021, para monitoramento do uso do capital semente, de R$ 3 mil.

Para participar do Impacto, não é necessário ter um número mínimo de pessoas na equipe do negócio. De acordo com o edital, é preciso ter cidadania brasileira e fazer parte da comunidade LGBTI+, ter mais de 18 anos, ter experiência ou interesse nas pautas da causa  LGBTI+ e de  direitos humanos. O resultado da primeira fase está previsto para 10 de janeiro e o início do programa para 14 de fevereiro de 2021. As demais informações estão disponíveis no edital do programa TODXS Impacto

Desde 2017, o Impacto já acelerou 17 projetos, que beneficiaram mais de 12 mil pessoas. Um dos projetos acelerados foi o Retifica Trans, iniciativa que visa tornar o procedimento de retificação de nome e de gênero de pessoas transexuais e travestis  mais acessível e barato. Desde sua criação, o projeto atendeu mais de 300 pessoas trans. 

Deixe seu comentário

Sem comentários, seja o primeiro.