TIM ativa 4G em mais duas cidades baianas

Serviços
20 de março de 2018
por Genilson Coutinho

A TIM, em continuidade ao plano de expansão da tecnologia 4G em todo o país, ativou a sua rede de quarta geração em mais duas cidades baianas, Sebastião laranjeiras (DDD77) e Iuiú (DDD77), atingindo um total de 176 cobertas em várias regiões do estado. Em janeiro, a operadora contemplou mais 35 cidades com a nova tecnologia, sendo que vinte e sete dessas localidades através da frequência de 700MHz, que permite um maior alcance do sinal em ambientes fechados, proporcionando melhoria na experiência de uso da internet móvel dos assinantes.

Dentre as novas cidades contempladas com o 4G da TIM no mês de janeiro estão: Saubara (DDD71), Andaraí (DDD75), Antas (DDD75), Castro Alves (DDD 75), Itaberaba (DDD75), Palmeiras (DDD75), Ribeira do Amparo (DDD75), Ribeira do Pombal (DDD75), Souto Soares (DDD75), Baixa Grande (DDD74), Barra do Mendes (DDD74), Ibipeba (DDD74), Irecê (DDD74), Morro do Chapéu (DDD 74), Remanso (DDD74), Xique-xique (DDD74), Central (DDD77) Belmonte (DDD73), Canavieiras (DDD73), Mascote (DDD73), Uruçuca (DDD73), Bom Jesus da lapa (DDD77), Botuporá (DDD77), Caturama (DDD77), Erico Cardoso (DDD77), Guanambi (DDD77), Ibicoara (DDD77), Iramaia (DDD 77), Livramento de Nossa Senhora (DDD77), Luis Eduardo Magalhães (DDD77), Matina (DDD77), Planalto (DDD77), Santa Maria da Vitória (DDD77), São Félix do Coribe (DDD77), Serra do Ramalho (DDD77).

Vale ressaltar que a empresa foi a primeira a liberar o uso do 4G na nova faixa em todas as capitais do Nordeste independente do desligamento do sinal analógico de TV em razão do projeto de mitigação realizado junto à Anatel.

Convém ressaltar ainda que todos os aparelhos do portfólio atual da TIM já operam na nova frequência. As ofertas de dados da operadora se mantêm igual, sem qualquer reajuste de preços por conta da inovação. A operadora adquiriu o direito de operar na frequência de 700 MHz após vencer um dos lotes do leilão de faixas promovido pela Anatel em setembro de 2014 com um investimento de quase R$ 3 bilhões nessa aquisição.