Tema da 10ª Parada Gay de Salvador é escolhido e retrata a realidade social

Sem categoria
6 de agosto de 2011
por Genilson Coutinho

A violência contra homossexuais proveniente da homofobia tem sido um tema abordado como nunca antes. Manchetes na mídia, pesquisas quantitativas e até mesmo enredo de novelas têm sido usados como veículos para mostrar o quanto este mal tem afetado a sociedade como um todo e feito muitas vítimas na comunidade LGBT. Por isso, a 10ª Parada Gay de Salvador adotou como tema este ano: “Ser gay não é estranho. Estranho mesmo é a homofobia”, onde duas fotografias de um jovem aparecem lado a lado, revelando um rosto intacto a direita e o mesmo rosto a esquerda vitima da ação da violência homofóbica. Esta cena vem se repetindo tanto nas grandes cidades, quanto nas de menor porte, onde não só ocorre a violência física, mas também a psicológica. Em casos mais graves, a vítima não resiste aos ferimentos e vem a falecer. Há também a agressão aos indivíduos transexuais, transgéneros e travestis que sofrem preconceito por parte de uma parcela da sociedade mal informada e retrógrada. O objetivo da temática da parada deste ano é, portanto, a conscientização de que a homofobia deve ser encarada e punida de forma rígida, incitando o senado nacional a efetivamente aprovar a lei 122/2006 que criminalizará a homofobia.

A 10ª Parada Gay de Salvador acontecerá no dia 11 de setembro e percorrerá o trajeto Campo Grande – Praça Castro Alves – Campo Grande.

Veja aqui as peças da campanha da 10 Parada Gay de Salvador

 

Por Bira Vida