Teatro Gregório de Mattos recebe Tuzé de Abreu e Ateliê Voador neste fim de semana

No Circuito
17 de junho de 2015
por Genilson Coutinho

Tuze_de_Abreu

O Teatro Gregório de Mattos abriu suas portas na última semana e continua com uma programação diversificada no mês de abertura. Na Sala Tabaris, as atividades são realizadas a partir desta quinta-feira (18), com o show “Novas Aventuras no País do Som”, de Tuzé de Abreu, às 19h. Vencedor do Prêmio Caymmi como melhor show, o músico promove sua música experimental no palco do Gregório de Mattos. O espetáculo traz uma multiplicidade de ambientes estéticos e convive sem traumas com o tradicional e o moderno, com o samba e a música experimental.

No repertório, canções autorais e parcerias, a exemplo dos clássicos “Vivendo em Paz”, gravada por Caetano Veloso, e “Meteorango Kid”, que inspirou o filme homônimo na década de 70, além de composições inéditas. O projeto é inspirado na obra resultante da parceria entre Tuzé de Abreu e Walter Smetak, que contou com a participação de artistas que desenvolvem pesquisas nas áreas de artes cênicas, plásticas, poéticas e sonoras, como Greice Carvalho (sua esposa), André Rangel, Edbrass Brasil, Heitor Dantas, Orlando Pinho, Antenor Cardoso, Rosa Abreu e Mateus Dantas.

A programação segue com a participação da Ateliê Voador Companhia de Teatro, que apresenta ao público as últimas produções do repertório do grupo: “Coral: uma etno(cena)grafia”, “A Alma Encantadora do Beco” e “O diário de Genet” . As atividades ficam em cartaz nos dias 19, 20 e 21 de junho, sempre às 19h. Com texto e direção de Djalma Thürler e com os atores Duda Woyda, Rafael Medrado, Talis Castro e Valerie O’Harah, as peças têm em comum temáticas, como as relações de empoderamento cultural, colonização e opressão.

O espetáculo “Coral: uma etno(cena)grafia” é baseado na tese “À meia luz… uma etnografia em clubes de sexo masculino”, de Camilo Braz, e conta histórias de práticas sexuais públicas para discutir convenções relacionadas à masculinidade. Já “A Alma Encantadora do Beco” é inspirada no livro “A alma encantadora das ruas”, de João do Rio, e em musicais políticos da época da Ditadura, buscando mostrar o quanto a rua pode ser um espaço privilegiado e ambíguo, de vida e morte, de encontros e abandonos. O projeto foi contemplado com o Edital Funarte Teatro de Rua de 2011.

O Diário de Genet (Foto: Maira Lins)

Em “O Diário de Genet”, a companhia faz um mergulho na obra de Jean Genet, buscando positivar o sujeito e as práticas abjetas, deslocando o centro como o lugar privilegiado e desejado e destacar a marginalidade como estratégia identitária e política. A peça volta a cartaz em Salvador depois da circulação na Argentina e no Chile.

Exposição – Na Galeria da Cidade, a exposição “Amar a Lina” segue em cartaz e pode ser visitada de quarta a domingo, das 14 às 19h. A mostra homenageia Lina Bo Bardi, responsável pelo projeto arquitetônico do teatro, desenvolvido em 1986, e tem curadoria do cenógrafo e artista visual Joãozito e da arquiteta Carla Zollinger. Apresenta uma expografia composta por elementos da cultura popular, buscando reproduzir o ambiente que impressionou Lina Bo Bardi quando veio ao Brasil, composto por festas populares, feiras e riqueza visual e sonora do povo nordestino.

 

Programação

18.06 (quinta-feira), 19h
SHOW – Novas Aventuras no País do Som, com Tuzé de Abreu
Onde: Sala Tabaris / Teatro Gregório de Mattos
Quanto: R$20 e R$10
Realização: Tuzé de Abreu

19.06 (sexta-feira), 19h
GREGÓRIO MOSTRA REPERTÓRIO
TEATRO – Coral – Uma Etno[cena]grafia
Onde: Sala Tabaris / Teatro Gregório de Mattos
Quanto: R$30 e R$15 (meia)
Realização: Atelier Voador Companhia de Teatro

20.06 (sábado), 19h
GREGÓRIO MOSTRA REPERTÓRIO
TEATRO – A Alma Encantadora do Beco
Onde: Sala Tabaris / Teatro Gregório de Mattos
Quanto: R$30 e R$15 (meia)
Realização: Atelier Voador Companhia de Teatro

21.06 (domingo), 19h
GREGÓRIO MOSTRA REPERTÓRIO
TEATRO – O Diário de Genet
Onde: Sala Tabaris / Teatro Gregório de Mattos
Quanto: R$30 e R$15 (meia)
Realização: Atelier Voador Companhia de Teatro

Quarta a domingo, 14 às 19h
ARTES VISUAIS – Exposição Amar a Lina
Onde: Galeria da Cidade / Teatro Gregório de Mattos
Quanto: GRATUITO
Realização: Blade / Fundação Gregório de Mattos