Novembro no Gamboa

Sem categoria
1 de novembro de 2011
por Genilson Coutinho

• Banquete 1 – Terrorismo Poético com Thiago Enoque

Benedita com Bruno de Sousa – estreia Uma simpática lavadeira-curandeira-bruxa-feiticeira, interpretada por Bruno de Sousa (Torre de Babel e A Paixão de Cristo), conta histórias que marcaram sua centenária vida de perdas, encontros, afetos, tragédias, risos, e superações. Enquanto fala sobre sua trajetória, ela prepara um ritual de passagem. Diariamente, Benedita revisita suas memórias na esperança de um possível consolo, porém em alguns momentos se distrai com cantigas do passado e seu único companheiro Tonho, um porco cúmplice das mandingas.

Em meio a gigante trouxa que carrega, a velha traz panos limpos e roupas sujas de cores vivas. Então, ela relata os casos dessas indumentárias especiais, que marcaram sua existência.  Com uma declarada relação com o misticismo e com o indizível, ela perpassa o curandeirismo e a espiritualidade, assim, mistura diversas características do rico “varal” de crendices e afirma as matrizes da cultura popular.

O espetáculo solo de Bruno de Sousa se utiliza de técnicas de Contação de histórias e Teatro físico. Formado em Artes Cênicas pela UFBA, ele assina também a direção e dramaturgia, para isso dispões da orientação de Fábio Vidal (Sebastião/Seu Bomfim) e Danilo Pinho (Sui Generis/Matança de Porco) na elaboração da montagem.

Serviço:

Ensaio aberto 02 e 03/11 (quarta e quinta-feira), às 20h.

Temporada: 04 a 26/11(sexta e sábado)

Horário: 20 horas

Onde: Teatro Gamboa Nova

Valor: R$10 e R$5 (meia)

Classificação: 14 anos

Informações: (71) 3329-2418

Ficha Técnica

Texto, Direção e Atuação: Bruno de Sousa.

Orientação e Colaboração dramatúrgica: Fábio Vidal

Orientação: Danilo Pinho

Direção de Produção: Fábio Tavares

Cenografia / Programação Visual / Fotos: Rodrigo Frota

Trilha Sonora: Leandro Villa

Figurino: Diana Moreira

Desenho de Luz: Pedro Dultra

Vídeos de divulgação: Malagueta Filmes

 Banquete 1 – Terrorismo Poético com Thiago Enoque

Enquanto monta sua banca de frutas, Sabiá diverte o público com números debochados de bufonaria. Chegado a uma fanfarra, o palhaço cidadão oferece um banquete recheado de poesia, esperança e escracho, mas também muita anarquia e questionamento. A palavra de ordem dele é a transgressão. Acostumado a se apresentar nas ruas e praças de Salvador, o ator e dançarino Thiago Enoque (O Olhar Inventa o Mundo/ O Contêiner) reúne em suas pesquisas teatro, circo, dança e performance. Graduado em licenciatura pela Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia, ele desenvolve suas atuações associando as possibilidades corporais aos fazeres da cena. Neste caminho, vem construindo uma linguagem própria, mesclando conhecimentos empíricos e autodidatas com técnicas e teorias cênicas. A iniciação na arte da palhaçaria começou em Brasília, sua cidade natal, e há cinco anos foi trazida para as ruas e teatro da capital baiana.

Serviço:

Quando: 09 a 30/11 (quarta-feira)

Horário: 20h

Valor: R$ 10 (inteira) R$5 (meia)

Onde: Teatro Gamboa Nova

Classificação: 14 anos

Informações: (71) 3329-2418

Ficha-técnica

Direção e atuação: Thiago Enoque

Assistente de Direção: Inaê Moreira

Iluminação: Du Vado Jr.

Por Inteiro e Sem Cortes com Paulo Prazeres 

Com humor perspicaz, o ator apresenta o stand up comedy Por Inteiro e Sem cortes, em que se mostra integralmente e sem restrições. Em seu novo trabalho solo, Paulo Prazeres envolve o público com suas observações pessoais sobre os mais diversos assuntos contextualizando de forma divertida e muitas vezes ácida. Com 10 anos de carreira, Paulo tem em seu currículo atuações nos cenário baiano e paulista, ele fez parte da Outra Companhia de Teatro, grupo residente do Vila Velha, onde encenou as peças A Carroça Mágica e O Contêiner, e, em São Paulo ,atuou em “Eu não matei P… Maluf”, onde conheceu o gênero que hoje se tornou o carro chefe da sua carreira: a comédia em pé. De volta a Salvador, iniciou o movimento de difusão do gênero na cidade através do grupo que integra: Os Donos do Riso.

Serviço:

Quando: 05 a 26/11(sábado)

Horário: 17 horas

Onde: Teatro Gamboa Nova

Valor: R$10 e R$5 (meia)

Classificação: 12 anos

Informações: (71) 3329-2418

  Rosa Fortes no show Darí Ayó

Fundamentada na tradição afro-brasileira e na religiosidade do Candomblé, a cantora apresenta Darí Ayó, que em ioruba significa cantando com alegria. O show traz no repertório compositores baianos Dorival Caymmi, Roque Ferreira e Roberto Mendes. E ainda Baden Powell, Vinícius de Moraes, Toquinho, Paulo César Pinheiro, Vicente Barreto. Rosa Fortes iniciou a carreira aos 16 anos cantando em bares e festas particulares, aos 18 anos, iniciou os estudos com aulas de canto na Escola de Música AMA/AMUSA, dos mestres Sérgio Souto e Aderbal Duarte. Por três anos foi aluna das professoras Andréa Daltro e Kyte Canário. Em seguida, fez aulas particulares de canto com professora Ana Paula Baqueiro.

Serviço:

Quando: 10 a 24/11 (quinta-feira)

Horário: 20 horas

Onde: Teatro Gamboa Nova

Valor: R$10 e R$5 (meia)

Classificação: livre

Informações: (71) 3329-2418

Ficha Técnica:

Voz: Rosa Fortes

Violão, direção musical e arranjos: Cleudson Passos

Flauta: Elena Rodrigues

Percussão: Hermógenes Araújo

Violoncelo: Marcos Roriz e Leilane dos Santos

Cenário: Maria Araújo

Confira programação completa aqui