Studio cria série de vídeos para explicar processo de tatuagem; assista

In Moda
20 de fevereiro de 2016
por Genilson Coutinho

conceittoo1.1

Um dos mais conceituados estúdios de tatuagem do Brasil, o Rangel Tattoo Studio deu início a criação de uma série de vídeos que irá explicar todo o processo de realização de uma tatuagem, que vai desde a discussão da ideia inicial à concretização do desenho. O objetivo do projeto, intitulado “Conceittoo Tattoo” e executado em parceira com a RH Photo Films, é desmistificar o mundo da tatuagem, levando mais informação e dicas sobre o assunto para os internautas.

“Uma parcela significativa da população ainda desconhece o processo de realização de uma tatuagem. Muita gente tem preconceito e medo do procedimento. Pensando nisso, resolvemos desenvolver esse projeto. Nossa ideia é que tudo relacionado ao universo da tatuagem seja discutido no programa, fazendo com que as pessoas conheçam um pouco mais sobre essa arte que cresce a cada dia no mundo”, afirma o tatuador e idealizador do projeto, Diego Rangel.

O primeiro episódio do programa, publicado na página pessoal do estúdio no Youtube, mostra o processo criação e realização de uma “Catrina”, estilo de tatuagem originária da cultura popular mexicana, normalmente representada por um desenho de mulher com traços de caveira mexicana.

A tatuagem em questão foi desenvolvida em “arte fusion”, modelo de tatuagem que consiste na fusão de dois ou mais profissionais, com estilos de trabalhos diferentes, que se unem para realizar a mesma tattoo. Neste caso, a arte foi criada por Rangel e Nill Ojuara, também integrante do Rangel Tattoo Studio.

Com episódios mensais, o “Conceittoo Tattoo” irá abordar todo e qualquer assunto relacionado ao mundo das tatuagens. “Teremos depoimentos, entrevistas, dicas e vídeos explicativos sobre os mais diversos assuntos, sempre relacionados à tatuagem. Esse projeto foi desenvolvido, sobretudo, com o objetivo de informar, razão pela qual não é destinado somente a tatuadores, mas para todas as pessoas que apreciam a arte”, explica Rangel.

Asssista: