SSP baixa portaria e inclui nome social e motivação do crime de LGBTfobia nos BOs das delegacias da Bahia

Comportamento, Social
10 de novembro de 2017
por Genilson Coutinho

Agora, os Boletins de Ocorrência das delegacias da Bahia já têm os campos para inclusão do nome social da vítima e da motivação do crime em caso de LGBTfobia!

A vereadora Marta Rodrigues (PT) e representantes dos movimentos sociais se reuniram na tarde se hoje com o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, para ele apresentar e divulgar a portaria interna que estabelece as mudanças, fruto de um projeto de indicação ao governador Rui Costa, de autoria da vereadora do PT. Segundo o secretário de segurança pública, as delegadas e delegados da Bahia já foram notificados das alterações, realizadas pelo setor de tecnologia da SSP.

Para Marta, trata-se de um grande avanço no reconhecimento da violência contra LGBT na Bahia. “Esta alteração nos BOs erá de grande valor para criar estatísticas  concretas e ajudar a resolver os crimes contra a população LGBT. Um grande avanço do governo de Rui Costa que ouviu as demandas dos movimentos LGBTs e tem se esforçado para tratar o LGBT com a cidadania que lhe é de direito”, disse.

Barbosa pontuou, ainda, que é importante que a SSP e o Governo da Bahia trabalharem para dirimir preconceitos e a intolerância que tem impermeabilizado as relações. “Não mudamos as coisas da noite por dia , mas estamos trabalhando para isso” frisou o secretário.

Estiveram presentes o defensor público do núcleo de Direitos Humanos, César Costa, o sub-secretario da SJCDHS, César Lisboa, a delegada e superintendente de Prevenção à Violência, Janete Campello, o coordenador LGBT do Governo da Bahia, Vinícius Alves, a coordenadora do núcleo Diadorim da UNEB, Amélia Maraux,  conselheiros estaduais LGBT, a assessora da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia, Milena Passos e demais representantes.