Cinema

No Circuito

‘Solteira quase surtando’ estreia em 12 de março

Genilson Coutinho,
11/02/2020 | 10h02

O que acontece quando a vida de uma solteira convicta vira de cabeça para baixo e ela se vê em uma realidade totalmente diferente? É o que o público vai poder conferir no longa “Solteira Quase Surtando”, que estreia em 12 de março nos cinemas. Com direção de Caco Souza (“400 Contra 1”) e roteiro de Mina Nercessian, o filme acompanha a rotina de Bia (Mina Nercessian), uma mulher independente de 35 anos, que nunca ligou para tradições como o casamento.

Tudo muda quando descobre que está entrando numa menopausa precoce e sua fertilidade está com os dias contados. De repente, ela se vê com seis meses para encontrar um parceiro e engravidar.

A distribuidora Anagrama Filmes acaba de divulgar em https://youtu.be/-ldnmIp2SHQ o trailer que traz uma prévia das situações tragicômicas que ela vive na busca por um pretendente.

Disposta a encontrar um pai para o seu filho a qualquer custo, Bia se aventura em baladas como a “festa do desencalhe” e em encontros românticos “inesperados” no supermercado. Aparentemente, sua única sorte é poder contar com as dicas preciosas do amigo Ravi (Leandro Lima) e com o colo da irmã Gabi (Letícia Birkheuer), que está sempre imbuída do seu papel de mãe e vive um casamento fracassado.

Quando Bia se vê cada vez mais longe da possibilidade de construir uma família, conhece o espanhol Miguel (Gui Agustini) e engata com ele o relacionamento que parece ser dos sonhos. É a partir daí que ela percebe que o acaso pode lhe reservar belas surpresas e que nem tudo sai como o planejado.

“Solteira Quase Surtando” tem distribuição da Anagrama Filmes, produção da Ártemis e coprodução da MGM. A direção é de Caco Souza, cineasta com larga experiência em curtas, documentários e filmes publicitários no Brasil e no exterior. Seu primeiro longa de ficção foi “400 contra 1” (2010), sobre a história do Comando Vermelho. O filme é produzido por Meire Fernandes, fundadora do Los Angeles Brazilian Film Festival e do Brazilian Film Market e co-fundadora da Criatura Films (former MAB). Além de ser protagonista, Mina Nercessian faz sua estreia como roteirista e atriz de longa-metragem no Brasil depois de já ter sido premiada nos Estados Unidos. Stepan Nercessian, Rafael Infante, Dani Valente, Lui Mendes, William Vita, Beth Zalcman e Tuna Dwek também integram o elenco.

Trailer: http://twixar.me/NSjT

Para download do cartaz: http://twixar.me/snjT

Sinopse

Bia (Mina Nercessian), uma solteira convicta, estava plenamente realizada com seu trabalho e despreocupada em encontrar um amor. Até descobrir, aos 35 anos, o início de uma menopausa precoce. A partir daí, ela se aventura numa missão quase impossível: recuperar o tempo perdido e achar, em poucos meses, um parceiro para casar e ter filhos. O caminho da busca incessante por um par ideal lhe reservará grandes aventuras e situações para lá de embaraçosas.

Ficha técnica

Direção: Caco Souza

Roteiro: Mina Nercessian

Produção: Meire Fernandes

Coprodução: MGM, Red Line Filmes e MAB

Produção executiva: Meire Fernandes, Nazareno Paulo e Xavier de Oliveira

Produtores associados: Humberto Rosa, Caco Souza, Thairon Mendes, Santa Fé Filmes, Rodolfo Sanchez, Letícia Birkheuer e Naymardora

Direção de produção: Marcela Sá

Direção de fotografia: Rodolfo Sanchez, ABC

Direção de arte: Luís Ozório

Elenco

Mina Nercessian – Bia

Leandro Lima – Ravi

Letícia Birkheuer – Gabriela

Stepan Nercessian – Paulo

Gui Agustini – Miguel

Rafael Infante – Tadeu

Beth Zalchman – Avó

William Vita – Carlos

Tuna Dwek – Dra. Regina

Lui Mendes – Pedro

Dani Valente – Ivani

Sobre a Anagrama Filmes

A ANAGRAMA FILMES foi idealizada por Laercio Bognar, que atua no mercado cinematográfico há mais de 20 anos e teve passagem pelas empresas Warner Bros, Diamond Films, Imagem Filmes e Vitrine Filmes. A distribuidora foi criada em 2018 especialmente para elaborar e executar a estratégia de distribuição do filme “”O Que De Verdade Importa” (2018), de Paco Arango, nos cinemas do país. O próximo projeto da companhia é o longa “Solteira Quase Surtando”, com estreia marcada para 2020.

Sobre a Ártemis

A ÁRTEMIS, de Xavier de Oliveira, é sucessora da LESTEPE PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS LTDA, também do cineasta Xavier de Oliveira, tendo produzido e coproduzido filmes como “Marcelo Zona Sul”, “André a Cara e a Coragem”, “Amante Muito Louca”, “O Vampiro de Copacabana” e “Gargalhada Final”.  O próximo projeto da produtora é o filme “Solteira Quase Surtando”, que estreia em 2020.