SJDHDS repudia Caso de violência transfóbica em Maiquinique

Comportamento, Social
19 de outubro de 2016
por Genilson Coutinho

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) informa que, por meio de sua Superintendência de Apoio e Defesa aos Direitos Humanos (SUDH), determinou agenda institucional com integrantes da Coordenação de Proteção aos Direitos Humanos e da Coordenação de Políticas LGBT deste órgão a fim de promover a escuta social e acolhimento das denúncias das violações de direitos sofridas por Natila Mota e seu companheiro no dia 8 de outubro de 2016, no município de Maiquinique, Médio Sudoeste da Bahia. O caso, noticiado na mídia e denunciado nas redes sociais, configura-se com características de grave violência transfóbica.

A agenda da equipe da SJDHDS nos municípios de Maiquinique e Itapetinga acontece de 18/10 a 20/10, incluindo atendimento à vítima e acolhimento de denúncia, acompanhamento das providências da Assistência Social Especial, reunião com autoridades da Polícia Civil, representantes do Ministério Público e do Poder Público municipal, entre outras providências.

Em tempo, a SJDHDS repudia veementemente qualquer caso de transfobia e violência contra LGBT, reiterando o comprometimento com toda e qualquer estratégia de reversão e combate à violência homo-lesbo-bi-transfóbica. Ratificamos o compromisso frente ao amparo e garantia de direitos da cidadã Natila Mota e com o acompanhamento do devido processo criminal e legal do caso.