Shopping recebe 7ª edição do Observatório da Discriminação

Sem categoria
8 de fevereiro de 2012
por Genilson Coutinho

Com o objetivo de prevenir e combater as discriminações e desigualdades em especial de gênero, raça e orientação/identidade sexual nos circuitos do Carnaval de Salvador, o Shopping Piedade receberá a partir desta quarta feira 8  até o dia 13 de fevereiro, a 7ª edição do Observatório da Discriminação Racial da Violência contra a Mulher e LGBTTTs do Carnaval de Salvador.

O público que visitar o espaço, localizado no Piso L3, terá orientações de como fazer denúncias e reclamações durante o carnaval relacionadas a atos de racismo, violência contra a mulher e contra LGBTTTs (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros), entre outros casos. O Observatório é uma ação da Secretaria Municipal da Reparação (SEMUR), em parceria com diversas entidades do poder público, especialmente o municipal, a Defensoria Pública do Estado da Bahia e a Articulação de Combate ao Racismo Institucional (CRI).

Quem presenciar ou for vítima dessas situações de discriminação e violência durante o carnaval poderá denunciar pelo Disque 156 ou comparecer a um dos postos de atendimento localizados durante o Carnaval no Campo Grande, Ladeira de São Bento, Estação da Lapa e Ondina.

Em 2011, o relatório do Observatório do Carnaval de Salvador apresentou um total de 350 ocorrências/denúncias. Destes, 204 registros para casos de racismo, 91 denúncias de agressão à mulher, e 55 ocorrências contra LGBTTTs. O relatório apresentou ainda uma avaliação por circuito e diagnosticou que o tradicional circuito Osmar apresentou maior número de registros. No carnaval do ano passado foram registradas no circuito Dodô (Barra/ Ondina) 112 ocorrências e no circuito Osmar (Campo Grande) 238.

O Observatório da Discriminação e Violência estará disponível no Shopping Piedade de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h e sábado, das 9h às 20h.