Shopping Barra recebe Museu do Videogame sábado

Serviços
20 de agosto de 2019
por Genilson Coutinho

Evento interativo, que traz a nostalgia dos quase 50 anos de história dos videogames, chega ao Shopping Barra para matar saudades. O Museu do Videogame Itinerante, com mais de 300 consoles de todas as gerações, funcionará de 24 de agosto a 8 de setembro na Praça Central Euvaldo Luz. Além de palco Just Dance, torneios de jogos antigos e atuais e concurso de cosplay, o espaço conta ainda com área PlayStation VR (realidade virtual), Nintendo Switch e simuladores de corrida. Gratuito e aberto ao público, a atração abre de segunda a sábado das 09h às 22h, e nos aos domingos, das 12h às 21h.

 Um dos diferenciais do Museu do Videogame Itinerante é que, além de conhecer consoles e jogos raros, os visitantes também podem jogar em alguns videogames que fizeram história, tais como o Telejogo PhilcoFord, Atari 2600 , Odyssey, Nintendinho 8 bits, Master System, Mega Drive, Sega CD, Super Nintendo, Neo Geo, Panasonic 3DO, Turbografx, Nintendo 64, Game Cube, Sega Dreamcast, Xbox, Playstation 1, PlayStation 2, entre outros. E o Museu do Videogame Itinerante também tem espaço para as novas gerações de consoles. Os visitantes poderão conhecer e jogar lançamentos da PlayStation em totens multimídia com PlayStation 4, já conhecidos nos grandes eventos de games no Brasil e no exterior. Além disso, é possível pilotar supermáquinas em cockpits para PS4 que trazem gráficos como se estivessem em uma pista real.

 Outra área de destaque será a do PlayStation VR, na qual os visitantes poderão experimentar, gratuitamente, a nova tecnologia de realidade virtual para os consoles PlayStation 4. Para os amantes da Nintendo, o evento contará também com a área do Switch, novo console da companhia japonesa que será uma mistura de console e portátil. Os visitantes poderão conhecer e jogar, ainda, no novo console da Microsoft: o XBOX ONE X.

 Para aqueles que curtem dançar e suar a camisa, uma outra atração no evento será o palco Just Dance. Nele, o jogador é desafiado a imitar os mesmos movimentos de dançarinos profissionais virtuais e, assim, alcançar a melhor pontuação no ranking do evento. Um dos momentos mais aguardados será o concurso de Cosplay, atividade em que as pessoas se caracterizam e interpretam seus personagens preferidos de anime (animações japonesas), mangá (quadrinhos japoneses) ou videogames.

 Relíquias que contam história

 A exposição totalmente interativa resgata cinco décadas de história da evolução dos videogames. Entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; o Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro vídeo game fabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979; e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985).

 Serviço:

O quê – Museu do Videogame

Quando – 24 de agosto a 8 de setembro, de segunda a sábado das 9h às 22h e, aos domingos, das 13h às 21h

Onde – Praça Central Euvaldo Luz (piso L1), Shopping Barra (Av. Centenário, 2992, Chame-Chame)