Sexualidade masculina pode ser afetada por fatores físicos e psicológicos

Comportamento, Notícias, Social
18 de novembro de 2019
por Genilson Coutinho

Ao mesmo tempo em que está associada ao prazer, alegria e qualidade de vida, a sexualidade também é cercada de tabus e desinformação, o que muitas vezes pode levar ao sofrimento. Quando se fala no desempenho sexual masculino, diversos são os preconceitos e visões distorcidas que podem afetar os homens.  Para esclarecer sobre o tema, nada melhor do que falar sobre o assunto. Com essa proposta, a clínica Holiste Psiquiatria promove, no dia 27 deste mês, o debate Falando Sobre Masculinidades e Desempenho Sexual.

O evento está associado ao Novembro Azul, mas tem o objetivo de promover uma discussão mais ampla sobre os diversos aspectos físicos e psicológicos que podem impactar a sexualidade masculina. Para isso, o encontro conta com a palestra de um convidado, o urologista George Deprá Ferrari, que vai abordar as Disfunções Sexuais do Homem, e com a exposição da psiquiatra da Holiste Paula Dione, que apresentará a palestra As Demandas Atuais e seus Conflitos.

“A proposta é discutir os novos conceitos em masculinidade, o papel do homem na sociedade atual, o que ele identifica de dificuldade em relação aos seus posicionamentos e as novas posições que ele pode se permitir assumir. Os conceitos de masculino e feminino e a relação disso com o desempenho sexual também serão debatidos”, detalha Paula Dione, que integra o Núcleo de Sexualidade da Holiste.

A médica pontua que as duas exposições se completam. “Nosso convidado vai abordar a parte médica no sentido das disfunções físicas sexuais do homem, falando sobre anatomia, fisiologia e mecanismos de funcionamento do aparelho sexual masculino. No segundo momento, vamos falar da masculinidade, dos papéis sociais representativos do homem e como isso se reflete na sexualidade”, enfatiza a psiquiatra.

Cobranças e sexualidade

As patologias físicas que afetam a sexualidade dos homens são muitas vezes cercadas de tabus que impedem a busca de ajuda especializada, como é o caso do câncer de próstata. Para além do aspecto físico, a maioria dos homens se preocupa com o próprio desempenho, e com a cobrança social de ser bem-sucedido em diversas esferas da vida.

Prover a família, dar prazer a parceira e estar sempre disposto para o sexo são cobranças internas e externas que influenciam o comportamento sexual dos homens. Diante disso, o Núcleo de Sexualidade propôs o debate sobre o tema, visando reduz tabus e estigmas.

O evento acontecerá no dia 27, às 19ª, no auditório da clínica Holiste Psiquiatria. O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo https://www.holiste.com.br/sexualidade