Sexonambulismo: o que é, como acontece e por que é tão polêmico

Comportamento, Social
27 de março de 2018
por Genilson Coutinho

Acapa

O que é sonambulismo sexual?
Segundo o neurologista Shigueo Yonekura, do Instituto de Medicina e Sono de Campinas e Piracicaba, sexonambulismo é um tipo de distúrbio do sono que faz com que uma pessoa faça sexo ou se masturbe enquanto dorme, mas não se lembre de nada no dia seguinte.

Esse tipo de sonambulismo é raro e pode surgir em diferentes intensidades.

Como acontece? 

Geralmente, a pessoa com sexonambulismo descobre o problema por meio de relatos do parceiro que fez sexo com ela. Outro sinal é que o ato sexual durante o sono costuma ser mais agressivo.

Segundo o especialista, o transtorno não tem origens conhecidas, mas algumas teorias o relacionam a pessoas com histórico de terror noturno ou sonambulismo na infância e/ou adolescência.

O problema ainda pode ser ocorrer simultâneamente com outros distúrbios do sono, como a apneia.

Como impacta a vida da pessoa?
O transtorno pode acarretar vários problemas no âmbito social, familiar e conjugal do paciente, já que o ato sexual dessa origem envolve agressividade e, em alguns casos, pode influenciar crimes.

Transtorno é perigoso 

O grande risco é o sexonâmbulo ter relações com quem não deseja – como uma pessoa que não seja seu parceiro -, se expor a DSTs e até mesmo cometer crimes, como o sexo forçado, estupro de crianças, etc. “A pessoa pode cometer estupro e não se lembrar”, alerta o médico.

O que fazer?
Sexonambulismo não tem cura, mas pode ser controlado por meio do tratamento adequado, o qual envolve medicamentos que eliminam os sintomas em até três meses.