SEXO SEGURO É MENOS FREQUENTE EM RELAÇÕES GAYS ESTÁVEIS

Sem categoria
6 de junho de 2011
por Genilson Coutinho

Investigadores da Northwestern University Feinberg School of Medicine fizeram um estudo de dois anos envolvendo 122 homens homossexuais entre 16 e 20 anos. A pesquisa mostrou que a maioria dos homens nesse grupo pratica sexo seguro em relacionamentos casuais, mas não em relacionamentos sérios.

De acordo com o autor do estudo, Brian Mustanski, 80% dos jovens homens homossexuais não sabem que são HIV positivos por não fazerem o teste com a frequência que deveriam. Assim, o uso do preservativo é fundamental até mesmo em relacionamentos estáveis para que não haja a transmissão do vírus.

“Estar num relacionamento sério traz um número de benefícios mentais e físicos, mas também pode aumentar comportamentos que te colocam em risco de transmissão do HIV. Homens que acreditam que um relacionamento é sério erroneamente pensam que não precisam de se proteger”, afirma Mustanski.

O investigador acredita que programas de prevenção não devem focar-se em pessoas que praticam o sexo casual, e sim em indivíduos que estão seriamente comprometidos.

Mustanski aconselha que ao começar um relacionamento a pessoa não se cinja a pedir apenas um teste de HIV ao seu parceiro. “Ao invés disso, as duas pessoas num relacionamento sério e monogâmico devem receber pelo menos dois testes de HIV antes de decidirem parar de usar preservativos”.

O estudo foi publicado na revista Health Psychology. 

Foto: Reprodução