Senador bate boca em rede social após post ironizando renúncia de Jean Wyllys

Comportamento, Social
28 de janeiro de 2019
por Genilson Coutinho

José Medeiros (Podemos-MT) é senador de Mato Grosso — Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

G1

O senador de Mato Grosso José Medeiros (Podemos-MT) se envolveu em uma discussão com internautas após um post no Twitter ironizando a renúncia de Jean Wyllys, reeleito pela terceira vez para cargo de deputado federal, citando ameaças de morte e difamação.

A discussão no Twitter teve início na sexta-feira (25) depois que o senador publicou uma foto do gramado do Congresso Nacional, com a legenda: “Tem ninguém aqui hoje essas ameaças tão demais”.

Em seguida, uma internauta respondeu a publicação chamando o senador de deprimente. Logo depois, Medeiros respondeu a publicação com um gif de um personagem do filme ‘Os Pinguins de Madagascar’.

A internauta, então, questiona o senador: “E se fosse você o ameaçado?”.

Já no sábado (26), outro internauta entra na discussão e critica a postura de Medeiros.

“Isso é um vagabundo! Veja o nível do senador da República, respondendo com um GIF dos Pinguins de Madascagar”, diz o internauta.

Na sexta-feira, Medeiros solicitou ao Ministério Público Federal e à PF uma investigação sobre as denúncias apresentadas por Wyllys, levantando a possibilidade “de venda de mandato”.

Entre as críticas ao senador, os internautas citaram uma acusação contra José Medeiros, que chegou a ter o mandato de senador cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por suposta fraude na ata da convenção partidária.

Posteriormente, entretanto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu a decisão e manteve o parlamentar no cargo.

No dia 31 de janeiro, Medeiros deixa o cargo de senador e, em fevereiro, assume cadeira na Câmara Federal.