Notícias

Seminário discute público LGBT+ em Instituições de Longa Permanência para idosos em Salvador

Genilson Coutinho,
03/10/2023 | 13h10
Foto: Bruno Concha / Secom PMS

O acolhimento de pessoas LGBT+ acima dos 70 anos em instituições de longa permanência para idosos é tema de seminário promovido pela Prefeitura, por meio do Centro Municipal de Referência LGBT+ Vida Bruno. O evento acontece na próxima segunda-feira (9), das 14h30 às 18h, no Abrigo Salvador, localizado em Campinas de Brotas.

Intitulado “LGBT+ e geração: a vida após os 70 anos nas Instituições de Longa Permanência para idosos em Salvador”, o seminário reúne palestrantes de entidades voltadas para a causa LGBT+, além de representantes da Justiça e do Ministério Público, que discutirão, dentre outros temas, a possibilidade da criação de legislação específica para abranger esse público.

Interessados em participar do seminário podem se inscrever gratuitamente, através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdMX4M1OkVI3rWh9CA2N-2uyq5O1CW9ZE_e0I21k9bxO4O5lA/viewform

Coordenador do Centro Municipal de Referência LGBT+ Vida Bruno, Marcelo Cerqueira diz que ainda são escassas as políticas públicas voltadas para idosos LGBT. “Considero este tema algo de muita importância, especialmente sendo voltado para as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), porque essas instalações devem se preparar para receber pessoas LGBT+ idosas. Ninguém precisa se destituir da sua identidade para ser aceito em nenhuma instituição. Precisamos de uma legislação especial para LGBTs idosos! Por enquanto, a lei é omissa!”, afirma Cerqueira.

Palestrantes/Composição da Mesa:

Presidente da Mesa: Dra. Andrea Guedes, Abrigo Salvador

Luiz Mott, antropólogo e fundador do Grupo Gay

Roqueline Santos, coordenadora das Instituições Não Asilar do Conselho Estadual da Pessoa Idosa e idealizadora da cartilha LGBT+ Idoso

Lúcia Mascarenhas, coordenadora das ILPIs pelo Conselho Estadual da Pessoa Idosa

Alana Carvalho, mulher trans, yalorixá e educadora social

Promotora Márcia Teixeira, Promotoria de Justiça especializada na defesa da população LGBTQIA+ do MP

Luciana Calasans de Alcântara, representante Conselho Municipal da Pessoa Idosa

Padre José Carlos, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa

Coordenação, Marcelo Cerqueira, Coordenador Municipal da Política Pública LGBT Secretaria da Reparação