Secult levou artistas baianos à Costa Rica através do Edital Mobilidade Cultural 2019

Arte e Exposições, No Circuito
10 de setembro de 2019
por Genilson Coutinho

A atriz e produtora teatral, Jane Santa Cruz, foi uma das contempladas no Edital Mobilidade Cultural 2019, que apoia financeiramente projetos e ações desenvolvidos por artistas, grupos, coletivos e agentes culturais baianos, em outros estados brasileiros e países.

Jane apostou no projeto Salvador-Limón, resultado de uma visita à Costa Rica que a deixou completamente encantada com a bagagem artística, em especial de Limón, cidade mais negra do país.

Para estar ao seu lado no projeto durante os 17 dias de viagem, Jane convidou o bailarino e coreógrafo, Elivan Nascimento (Ex-aluno da escola de dança da Funceb). Juntos, estão aproximando a relação entre artistas e comunidades afrodescendentes, unindo teatro e dança.

Para Jane Santa Cruz, “esse intercâmbio promoveu ações que visam unir as diferenças, tendo como estímulo motriz o diálogo frente ações de visibilização dos corpos negros, a partir do fortalecimento da auto-estima dos povos afrodescendentes e sua importante atuação para o crescimento democrático das sociedades no nosso continente”.

d
Durante a viagem, os artistas baianos, Elivan Nascimento e Jane Santa Cruz, foram convidados pelo Taller Nacional de Dança de Costa Rica, uma das principais Instituições de formação e pesquisa do país com mais de 40 anos de atuação, a estarem presentes na semana em que se celebra o orgulho e a cultura negra afro-caribenha, tendo como marco deste período, o dia 31 de agosto, onde o país recebeu distintas manifestações da cultura afro.“Eu como pesquisador das danças LGBTQI+, militante e ativista das causas LGBT´s com foco nos gays negros de dança na periferia, levei toda essa bagagem cultural para os trabalhos e trocas que desenvolvemos em cada canto da Costa Rica. Foi muito enriquecedora essa oportunidade de dançar com corpos tão ricos culturalmente”, comentou Elivan Nascimento.

Além de realizarem atividades na capital, San José, durante este período de celebração (22/08 a 31/08 de 2019) os artistas compartilharam suas culturas artísticas e conheceram mais da cultura afro-caribenha.

Jane Santa Cruz – Atriz, produtora cultura, apresentadora de TV, bacharel em interpretação teatral pela Universidade Federal da Bahia é também integrante do coletivo Âmbar, uma rede de artistas e promotores cênicos da América Latina.

Elivan Nascimento – Ex- aluno da Escola de Dança da Funceb, bailarino, coreógrafo, dançou com artistas como Daniela Mercury, Carlinhos Brown, Juliana Ribeiro, Larissa Luz, Luísa Sonza, entre outros. Elivan também pe integrante do Coletivo Gayfamilyshow  e diretor artístico do Coletivo Noix.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação:Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural e Editais Setoriais.

Fotos: Divulgação