São Paulo contará com boletim eletrônico contra homofobia

Genilson Coutinho,
07/05/2012 | 09h05

A Polícia Civil de SP e a Secretaria Estadual da Justiça lançarão oficialmente na segunda quinzena deste mês o boletim eletrônico para ocorrências de homofobia. Poderão ser registrados crimes de calúnia, injúria e difamação sem que a vítima precise ir à delegacia -a menos em casos que envolvam lesão corporal.

“Vai facilitar para uma população que sempre teve problemas em ir a uma delegacia”, diz Heloisa Gama Alves, coordenadora de políticas para a diversidade sexual da Secretaria da Justiça. A ideia é que, futuramente, as denúncias registradas pela internet sejam encaminhadas à pasta, para abertura de processos administrativos baseados na lei estadual 10.948/01, que criminaliza a homofobia.

A secretaria promoverá com outras pastas, no Dia das Mães, 13 de maio, caminhada contra a homofobia, da avenida Paulista até o largo do Arouche. Quer que o movimento Mães pela Igualdade, cujos filhos sofreram discriminação, lidere a mobilização. Vai disponibilizar também três ônibus para levar manifestant

 

pan st� ’oP1 h�* 2.0pt;font-family:”Arial”,”sans-serif”; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;color:#222222;mso-fareast-language: PT-BR’>E-mail: imprensa@aids.gov.br

 

Site: www.aids.gov.br