San Island 2018: mais de 4 mil curtiram Ivete em Morro de São Paulo ; veja as fotos

Baladas, Música, No Circuito
22 de maio de 2018
por Genilson Coutinho

Foto: Genilson Coutinho

 Por Genilson Coutinho

Morro de São Paulo se transformou no paraíso da diversidades durante os três dias da San Island, que teve sua edição mais recente no último final de semana. O evento, que já anunciou mudança para Trancoso em 2019 – com direito a Ivete Sangalo e Claudia Leitte juntas – fechou um ciclo de sucesso com a participação da Veveta, que ganhou até coroa de rainha e leque com as cores do arco-íris.

Foto: Genilson Coutinho

Segundo a organização, o evento reuniu mais de 4 mil pessoas, celebrando um grande encontro da estrela com fãs de todo o Brasil. “Aqui é a casa do amor…E hoje vou fazer um show fodástico (sic) pra vocês”, declarou a cantora logo ao subir no palco. E foi nesse clima que Ivete orquestrou a multidão com um mix de seus grandes sucessos.

Os empresários José Augusto e André Gagliano celebraram o sucesso do evento :

“Tem sido um pensamento constante nosso reunir as duas artistas num mesmo evento e esse encontro tinha que ser histórico. O San Island Weekend é uma realidade, é um projeto de sucesso e tinha como ficar ainda melhor, dentro do nosso conceito de valorizar destinos baianos, onde o Grupo San Sebastian nasceu”, destaca José Augusto Vasconcelos, um dos diretores.

 “Ficamos muito felizes com o sucesso dessa segunda edição em Morro de São Paulo e mais ainda com a repercussão da próxima edição, em Trancoso. Os trabalhos já começaram e nosso objetivo é, sem dúvida, que a cada edição o evento se supere e alcance novas marcas e novos públicos”, reflete André Gagliano, também diretor do Grupo San Sebastian.

@ivetesangalo que namorar comigo com fãs na @sanislandweekend #sanislandweekend #morrodesãopaulo #paraiso #bahia #chegalogo #maio2018 #inesquecivel #amor #felicidade #tempo #timeless #coruja #ivetesangalo #ivete #poolparty #corujasplahpoolparty

A post shared by Dois Terços (@doistercos) on

Dentre as canções do repertório, uma que ela repetiu com o público foi “chupa toda”, que já tinha ganhado a versão “chupa rola”, com o apoio das bases da cantora. A festa teve até momento “namora comigo”, promovido por Ivete com fãs no palco. Nem precisa dizer que o público foi ao delírio.

Um deles foi o mineiro Matheus, que estreava no festival já contando os dias para o próximo.
“Estou aqui super feliz, pois esperei esse encontro com Ivete desde o ano passado. Não estou me aguentando de tanta energia”, afirmou empolgado.

O bailarino Lucas Souza e os amigos nos agitos da última noite / Foto: Genilson Coutinho

Quem também ficou apaixonado pelo show foi Cláudio Dias, de Brasília, que não cabia em si de tanta alegria. “Estou feliz da vida! É um show ver essa mulher linda acabando comigo, sem falar nessa festa: perfeita demais!”, declarou.

Já passava das 22h quando Ivete anunciou que faria o Bis sem sair do palco. Para alegria dos fãs, a diva tocou quase meia hora a mais.

Morro de São Paulo sentirá falta dos viados

Foto: Genilson Coutinho

Mesmo com a capacitação anunciada pela prefeitura, alguns ambientes do percurso continuaram com pessoas de olhares tortos e piadinhas entre os ambulantes. Em um dos restaurantes, um grupo de amigos jantava quando um garçom se dirigiu a um dos rapazes no feminino. “Meninas, vocês vão querer algo mais?”, disse. Imediatamente, um dos clientes retrucou: “você está vendo alguma mulher na mesa?”.

 Situações assim foram reportadas, mas vale ressaltar que em muitos espaços as pessoas pareciam ter entendido a importância do respeito às diferenças e entraram no clima usando bandeiras gays na decoração para dar boas-vindas e oferecendo descontos para o público da festa.

Nossa equipe também visitou algumas pousadas e restaurantes para saber da “capacitação” que foi anunciada pela prefeitura, mas a resposta foi de que “nem souberam de nada e que, se houve, não foram informados”.

Foto: Genilson Coutinho

 Em 2019, com a mudança da San Island para Trancoso, talvez eles percebam a importância do público LGBT para a economia local. Além dessas falhas da Secretaria de Turismo, que não atingiu todos comerciantes com suas ações em prol da hospitalidade a um público específico, é inadmissível que em uma festa com mais de 4 mil pessoas a Secretaria de Saúde não tenha promovido uma ação de prevenção a DSTs, distribuindo preservativos.

Vale ressaltar que ações desse tipo não existem nem na San Island nem no Festival da Primavera.

Os pacotes já estão à venda em www.sanislandweekend.com.

 Confira a galeria de fotos.