Salvador sedia até o próximo sábado (30), o II Encontro de Lésbicas e Mulheres Bissexuais da Bahia

Notícias
28 de agosto de 2014
por Genilson Coutinho

Foto_divulgacao_creditos_Genilson_Coutinho_doistercos 004

Mais de 100 mulheres de 31 municípios baianos, nove estados do Nordeste e uma representante do Uruguai estão participando, no Grande Hotel da Barra, do II Encontro de Lésbicas e Mulheres Bissexuais da Bahia, evento que vai até o próximo sábado (30), promovido pelo núcleo Diadorim, pelo Fórum Enlesbi, a Liga Brasileira de Lésbicas (LBL), o Fórum Baiano LGBT e o Grupo Amuleto com apoio do site Dois Terços como veiculo gay de Salvador.

A abertura oficial aconteceu na tarde desta quarta-feira (27) com uma roda de conversas  com foco nas  memórias  do I EnLesBi, ocorrido no ano passado, além de relatos de experiência, com o título “ Eu Sou Lésbica, eu Sou Mulher Bissexual – Eu te deixo Ser, deixa–me Ser então”.

Foto_divulgacao_creditos_Genilson_Coutinho_doistercos 097

O encontro é o principal evento de celebração do Dia Nacional da Visibilidade Lésbica em Salvador, celebrado nesta sexta-feira, 29. Desde que recebeu sua primeira edição, em 2013, quando recebeu 70 mulheres, o evento tem crescido constantemente.

De acordo com a professora Eide Paiva (Nugsex Diadorim – UNEB; Liga Brasileira de Lésbicas – BA), esse crescimento é notável tanto no numero de participante como no surgimento de novos grupos de mulheres lésbicas e bissexuais, que, após participação no primeiro encontro, se encorajaram para criar grupos em seus municípios, reforçando a luta por políticas  afirmativas prol LGBT, sempre reforçando importância do trabalho coletivo.

“Este encontro é fundamental, pois através dele a visibilidade das mulheres lésbicas cresceu e isso é fantástico. Este segundo encontro é aprova que estamos no caminho certo. Sem duvidas após este já sairemos com o III agendado para o próximo ano”, pontuou Edy .

 

Foto_divulgacao_creditos_Genilson_Coutinho_doistercos 013

O encontro tem como objetivo promover um espaço de empoderamento e debates acerca das questões da comunidade lésbica e bissexual e proporcionar o compartilhamento de experiências no ativismo e de enfrentamento à violência. Além das rodas de conversas temáticas, o encontro também recebe a exposição “Violência: Uma violência sem fronteira”, da fotografa Giselda Alves. O trabalho está exposto no salão do encontro e também será tema de uma das conversas sobre as diversas formas de violência sofridas pela comunidade.

As atividades serão encerradas no sábado, com um ato no Porto da Barra com o objetivo de chamar a atenção da população para o direitos das Lésbicas e Mulheres Bissexuais da Bahia.

Dia da Visibilidade :

O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, 29 de agosto, foi instituído a partir do I Seminário Nacional de Lésbicas (Senale), ocorrido na mesma data em 1996, no Rio de Janeiro, por iniciativa do Coletivo de Lésbicas do Rio de Janeiro (Colerj). Como resultado simbólico, foi inserida a letra L, de lésbicas, na sigla LGBT, tornando-se um dos primeiros passos de compromisso do movimento homossexual se com a pauta das Lésbicas.

Fotos: Genilson  Coutinho

Programação

2º dia (28\08)

Mediadoras:

Ana Carla Lemos (PE); Carla Ayres (SC), Goreth Gomes (RN), Kelly Vieira (SC), Gui Cunha (SC), Heliana Hemeterio (SC), Rosilaine Dias (RS), Virgínia Nunes (SC) Silvana  Conti (RS)

Ativistas da Bahia

8:30 às 10h

Diálogo Formativo I

Lesbianidades, Bissexualidades e Transsexualidades: discutindo nossos feminismos,  tecendo parcerias

10:00 ás 10:15h

10:15 às 12h:

Dialogo Formativo II

Lesbianidades, Feminismos e Geração: discutindo nossas Ancestralidades em movimento

12h às  14:00h

14:00 às 16:00h

Dialogo Formativo III :

16:15 às 18:15

Diálogo Formativo IV:

Lesbofobia,  Racismo Institucional e Autonomia: a inserção das Lésbicas e mulheres Bissexuais  no Mundo do Trabalho.

 3º dia (29\08)

Mediadoras:

Ana Carla Lemos (PE); Carla Ayres (SC), Goreth Gomes (RN), Kelly Vieira (SC), Gui Cunha (SC), Heliana Hemeterio (SC), Rosilaine Dias (RS), Virgínia Nunes (SC) Silvana  Conti (RS)

Ativistas da Bahia

8:30 às 10h

Diálogo Formativo V:

Políticas de Prevenção e tratamento das DST/AIDS e Hepatites virais: Um diálogo sobre a saúde integral das lésbicas e mulheres bissexuais

Diálogo Formativo VI – Educação para diversidade: “somos da educação e não toleramos violência!”

14:15 às 16:15

Diálogo Formativo VII

Tecendo o III Enlesb: Roda de deliberações

19h – Encerramento – Xirê das pretas lésbicas

DIA 30/09 – Retorno para os municípios

10h I Marcha Lésbica Feminista do EnLesBi – Local: Trecho saída do Grande Hotel da Barra até Farol da

aqui a galeria do primeiro dia.