Salvador recebe a 15ª Parada LGBT da Bahia neste domingo (11); confira a programação

Notícias
7 de setembro de 2016
por Genilson Coutinho

As cores reluzentes do arco-íris irão pintar o cinza desbotado dos antigos casarões do centro de Salvador, neste domingo, 11, com a realização da 15ª Parada do Orgulho LGBT pelo Grupo Gay da Bahia e Quimbanda Dudu que pretendem reunir cerca de 800 mil pessoas para celebrar a diversidade cultural LGBT baiana. A previsão de início da concentração é para as 11h na Praça do Campo Grande, com apresentações de bandas musicais e shows de artistas transformistas no Palco da Diversidade. Já o cortejo dos trios tem previsão de começar às 15h30 concluindo o percurso às 20h no ponto de saída.

Neste ano, a Parada celebra o tema “Viver sem violência é direito de travestis e pessoas trans” que objetiva dar visibilidade as travestis, mulheres e homens trans, populações que sofrem com a violência LGBTfóbica, mas que reivindicam espaço social e de fala dentro e fora da comunidade LGBT da Bahia e do Brasil. As trans Ariane Senna e Bruna Menezes estrelam o cartaz da campanha ao lado dos seus companheiros, sendo a primeira vez que o GGB utilizou modelos reais da própria comunidade para divulgar uma campanha. “A ideia é dar voz às trans e denunciar as agressões por elas vividas no seu cotidiano”, disse Cristiano Santos, presidente interino do Grupo Gay da Bahia, informando ainda que Bruna e Ariane foram vítimas violência grave por sua condição de trans.

O tema será reproduzido nos oito trios elétricos que formam o cortejo da diversidade que, além da militância, trazem artistas como a cantora Márcia Castro, encarregada de cantar o hino nacional à capela, celebridades e personalidades da política local, entre elas o jornalista Alex Lopes e a empresária Rosemma Maluff, padrinho e madrinha do evento que têm a função de declarar aberta a 15ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia.

Site Dois Terços elabora dica de segurança para 15ª parada LGBT;confira

Há muito tempo as Paradas deixaram de ser apenas um evento de luta pelos direitos dos LGBT e passaram a ser também um momento de oportunidade para fazer negócios associados a diversidade, a economia com cidadania. A população das cidades onde elas acontecem esperam esse momento com ansiedade e isso faz com que a sua realização ative uma cadeia econômica formada por prestadores de serviços como hotéis, bares, restaurantes, teatro e agências de viagens que fazem pacotes promocionais de viagens. A Parada da Bahia é a segunda mais expressiva depois de São Paulo, ainda é a mais qualificada em relação atrações culturais e realização de ações mobilizadoras para o dia da celebração.

‘Parada eletrônica’

O Grupo Gay da Bahia atendeu aos pedidos da comunidade LGBT de Salvador e atuou junto aos parceiros do evento para que a música eletrônica fosse evidenciada como estética musical desse segmento. O trio oficial vai ser o primeiro a soltar o som e traz três grandes nomes da cena baiana composto pelo baterista Bruno Mocottó, DJ Oliver e a voz ao vivo sob bases eletrônicas de Maristela Muller. O grupo reúne repertório com o melhor da house music e mistura com a percussão afro-brasileira com sofisticação e glamour.

UBer trio na 15ª LGBT da Bahia

Na sequência, o Coletivo Pragatecno, Batekoo, Tombo e Afrobapho compõem o trio da Secretaria de Justiça Cidadania, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). DJ Jeronimo Sodré puxa o trio do Núcleo Diadorim da Universidade Estadual da Bahia/UNEB. DJ Leandro Fretz anima o trio do Coletivo Mães pela Diversidade. O aplicativo Uber Tecnologia leva muita música POP e brasilidades com as DJs Bela Dantas, Ana Julieta Garcia e Cleidison. DJ Chiquinho segue no trio da Boate Tropical. O Bourlesque Bar traz a música feminina das DJs Melanie Mason e DesiRée Beck. No trio Divas, o repertório musical fica por conta do DJ Edy Ferraz.

O apelo por mais música eletrônica gerou campanha nas redes sociais em que se pedia a exclusão de qualquer estilo ou ritmo que estimulasse tensão e violência. Mesmo acreditando que a violência não está associada ao estilo musical, mas é proveniente das desigualdades sociais de uma cidade ainda com fortes contrastes, o GGB decidiu acatar ao pedido dos internautas. Para aqueles que não apreciam música eletrônica, a pluralidade cultural estará presente no Palco da Diversidade, com as bandas Dão e Caravana Black, Magno Santé, Açúcar Improviso Latino e Suinga.

Camarote Maluf é destaque na 15ª Parada LGBT da Bahia

A 15ª Parada do Orgulho LGBT da Bahia é uma realização do GGB e Grupo Quimbanda Dudu, com apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria da Saúde, Secretaria de Cultura, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Secretaria de Turismo e Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa), site Dois Terços, site Me Salte, Laboratório Sabin, rádio Itapoan FM, coletivo Mães pela Diversidade e Clube 11.​

Mudanças no trânsito

O tráfego no Largo do Campo Grande será interditado na lateral do Hotel Tropical da Bahia e em frente ao Teatro Castro Alves, das 22h deste sábado (10) até às 24h do domingo (11).

No trecho do hotel, o estacionamento será proibido nos dois lados da via, já a partir de 17h do sábado. A opção de tráfego é seguir pelo Largo do Campo Grande, Rua Araújo Pinho, Rua Dr. Augusto Viana e Rua João das Botas.

O tráfego será também serrá interditado, das 9h às 0h, nas seguintes vias: Rua Forte de São Pedro, Avenida Sete de Setembro (Mercês / Rosário / Piedade / São Pedro / São Bento), Praça Castro Alves, Ladeira da Montanha, Rua Carlos Gomes, Rua Senador Costa Pinto e Avenida Sete de Setembro (Passeio Público).

Neste mesmo trecho, será proibido o estacionamento entre 0h de sábado e 24h de domingo.

A opção de tráfego para os que trafegam pela Ladeira da Montanha será a Avenida Contorno, Rua Banco dos Ingleses, Largo do Campo Grande. Veículos destinados aos serviços públicos (Operação de Trânsito e Transporte, Bombeiros, Ambulâncias e Polícias) têm prioridade e acesso de livre trânsito e estacionamento enquanto estiverem em serviço. Os demais só terão acesso ao trecho mediante apresentação de credencial (Trânsito Livre) fornecida pela Transalvador.

Transporte

A Semob vai disponibilizar 12 veículos extras da frota reguladora, que estarão disponíveis na Estação da Lapa, entre 18h de domingo (11) e 3h da segunda-feira (12). Esses veículos terão roteiros distribuídos nas três áreas da cidade (Orla, Centro e Subúrbio).

Além disso, a Semob vai reforçar a frota de 35 linhas de ônibus que atendem ao Centro, entre 10h30 e 23h30. Esses veículos terão o itinerário modificado de acordo com as alterações de trânsito destacadas acima.

Programação completa

Cortejo de trios

1- Trio Porradão – Institucional da 15ª Parada LGBT do Grupo Gay da Bahia
Apresentação: Keila Simpson e Bagagerie Spilberg
Locução: Jocemar
Madrinha e padrinho: Rosemma Maluf e Alex Lopes

Atrações:
Marcia Castro – Execução hino nacional
DJ Oliver Jack, Percussionista Bruno Mocottó e Live Maristela Muller
O grupo reúne repertório com o melhor da house music e mistura com a percussão afro-brasileira com sofisticação e glamour.

2- Trio da Secretaria de Justiça Cidadania, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS)
Atrações: Coletivo Pragatecno, Batekoo, Tombo e Afrobapho
Performance: Euvira e Edylene Água Suja

3- Núcleo Diadorim da Universidade Estadual da Bahia/UNEB
DJ Jeronimo Sodré

4- Trio do Grupo Mães pela Diversidade
DJ Leandro Fretz

5- Trio Uber Tecnologia
Drags e dançarinos
Gina de Mascar
Nina Codorna
Wallace Lima e Wallafe Félix – stiletto
Muita música POP e brasilidades com os DJs Bela Dantas, Cleidison, Ana Julieta Garcia

6- Boate Tropical
DJ Chiquinho e convidados
Presenças: Marcinha do Corinto (SP) e Márcia Pantera (SP)

7- Bourlesque Bar
Apresentação de Ferah Sunshine.
DJs Melanie Mason e DesiRée Beck

8- Divas
DJs Edy Ferraz e Chiquinho
Presenças: Michelle X (SP), Jupiara Thompson (RJ), Essência Sublime (SE) e Safira Bengell (PI)
Palco da Arena Divertida da Diversidade
Campo Grande

11h às 15h – Shows performáticos
Bia Mathieu
Scarlet Sangalo
Gina d’ Mascar
Suzy di Costa
Nathalia Styker
Aluvânia Butantã
Duda Weshiley
Ludmilah Stryker & Eyshilla, Butterfly
Alehandra Delavega
Melanie Masson
Kaysha Kutnner
Twyggi
Euvira Euvira

14h às 21h30 – Atrações musicais
15h30 Banda Magno Santé
18h30 Banda Suinga
19h30 Banda Açúcar Improviso Latino
20h30 Dão e Caravana Black

 Siga nosso  Facebook

 

  • Fernanda Paulon

    Claaaaaro que irei pra esse evento tão expressivo e importante!!!