Salvador estremeceu ontem, 11, com a 10ª Parada Gay

Sem categoria
12 de setembro de 2011
por Genilson Coutinho

Ontem foi um caso de quem foi, curtiu, quem não foi, perdeu. A Parada Gay de Salvador, que acontece sempre no segundo semestre, levou uma multidão ao Campo Grande e centro da capital baiana, transformando as ruas em verdadeiras avenidas de alegria e diversão.

Mas o point da parada estava localizado na esquina da Carlos Gomes com a Avenida Sete de Setembro, na Casa d’Itália, onde o Camarote Maluf Eventos agitou a tarde e a noite do público, num espaço seguro e confortável. Em seu quinto ano, o camarote firmou em 2011 uma parceria com o portal Dois Terços, tornando este o portal oficial do ambiente.

Além de curtir a música eletrônica do camarote com DJs renomados, os participantes puderam acompanhar os trios que faziam o percurso e se jogar ao som de músicas que estão no circuito e até do pagode, revelando que a parada de Salvador não é somente um ato de suporte à diversidade sexual, mas também à diversidade musical da Bahia.

Com a finalização da passagem de trios, as pessoas tiveram ainda no camarote a oportunidade de ver transformistas já conhecidos na cena cultural soteropolitana, Gogo Boys e muito bate cabelo. Durante à tarde, a vereadora Leo Kret foi até o espaço para cumprimentar o público, e à noite, o Deputado Federal Jean Wyllys passou por lá, reforçando a ideia de que a parada gay é acima de qualquer outra coisa um ato cívico de conscientização dos direitos LGBT no Brasil.