Rita Batista aciona Justiça após ataques racistas

Comportamento, Social
30 de outubro de 2018
por Genilson Coutinho

Bocão News

A jornalista baiana Rita Batista, que foi apresentadora do programa eleitoral do PT no segundo turno das eleições, usou as redes sociais para denunciar ataques racistas.

“Esperei pacientemente todo o processo para exibir alguns ‘comentários’ feitos por eleitores do presidente eleito. Em todas as minhas redes fui bombardeada com todo tipo de coisa. Inclusive uma articulação feita por um deputado eleito aliado do novo presidente. É uma miscelânea de barbaridades”, publicou em rede social.

Os ataques envolvem declarações como “Essa raça vai ser expulsa do Brasil hoje. Bando de vagabundos. Malditos”, “Esse tipo de bosta só podia ser esquerdista. Fedorenta feia”, “p*** escrota”, “merece pegar um câncer” e “essa mamata vai acabar”.

Em seu relato, Rita revela que vai acionar a Justiça. “O dossiê está pronto e as autoridades à postos. Engana-se muito quem acha que a internet é uma “terra sem lei”. Discordar, debater, ter opinião contrária é da democracia, ofender, destratar, depreciar é para mim, falta de argumento e para a lei, crime”.

View this post on Instagram

Esperei pacientemente todo o processo para exibir alguns “comentários” feitos por eleitores do presidente eleito. Em todas as minhas redes fui bombardeada com todo tipo de coisa. Inclusive uma articulação feita por um deputado eleito aliado do novo presidente.É uma miscelânia de barbaridades. O dossiê está pronto e as autoridades à postos. Engana-se muito quem acha que a internet é uma “terra sem lei”. Discordar, debater, ter opinião contrária é da democracia, ofender, destratar, depreciar é para mim, falta de argumento e para a lei, crime. As ameaças de toda ordem, a mim e aos meus, não me acovardam e os pedidos de desculpas no privado não me comovem. O estado democrático de direito é soberano e continuará sendo. ❤️

A post shared by ritabatista (@ritabatista) on