Rio realizou cerimônia Coletiva de União Estável Homoafetiva de noventa e dois casais

Sem categoria
10 de dezembro de 2012
por Genilson Coutinho

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro recebeu na tarde do último domingo (9), a maior cerimônia de união homoafetiva já registrada no país. O casamento coletivo reuniu 92 casais gays.

Este foi o terceiro casamento gay coletivo realizado no Rio e, segundo o coordenador do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, o maior já realizado. “É a maior cerimônia de união homoafetiva coletiva do mundo. Apesar da discriminação que ainda existe, é um motivo de orgulho e uma mudança de paradigma superando barreiras ideológicas e conservadoras”, disse Nascimento, que também coordena a Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro. Ele defende ainda a necessidade de tratar os casais heterossexuais e homossexuais com “isonomia”, independentemente de sua orientação sexual. Para Nascimento, a cerimônia foi simbólica para marcar a conquista de direitos como, por exemplo, direito ao plano de saúde do cônjuge, pensão alimentícia, mudança de sobrenome, declaração conjunta de Imposto de Renda e questões de partilha e direito sucessório.

A cerimônia foi organizada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, coordenado pela Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SUPERDIR/SEASDH), juntamente com o Tribunal de Justiça do RJ (TJ/RJ), através do Departamento de Avaliação e Acompanhamento de Projetos Especiais (DEAP), e a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, através do Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos.