Restaurante nega promoção a casal gay e é acusado de homofobia

Comportamento, Social
6 de abril de 2015
por Genilson Coutinho

Caroline e Natália levaram o caso à Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual (Foto: Adriano Oliveira/G1)

Um restaurante de comida japonesa foi acusado de homofobia por uma casal homossexual após se negar a oferecer a promoção de um rodízio para casais. De acordo com as jovens, um garçom se apresentou como gerente do estabelecimento, que fica na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e explicou que a promoção se aplicava apenas para casais formados por um homem e uma mulher.

Ainda segundo as vítimas, de forma constrangedora, o garçom utilizou vidros de molho shoyu (um normal e outro light) para explicar como seria um casal. O caso foi registrado na Polícia Civil como constrangimento ilegal e foi denunciado à Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual, da Secretaria da Justiça e da Defesa e Cidadania.

Em nota divulgada no Facebook, o restaurante Shogá Japanese Food, pediu desculpas pelo ocorrido e para os que se sentiram ofendidos com o fato. O restaurante afirma ainda que “errou ao realizar uma promoção que deu margem a interpretações homofóbicas e constrangedoras aos clientes e amigos”.

*As informações são do Correio.