Restaurante exclui casal gay de promoção e é alvo de boicote

Comportamento, Social
14 de fevereiro de 2017
por Genilson Coutinho

Um restaurante de Araraquara, interior de São Paulo, publicou uma promoção no Facebook frisando que servia a casais apenas formados por homem e mulher e despertou a ira de muitos homo e heterossexuais.

O Keukenhof Sushi Bistrô escreveu: “Lembrando que a promoção do rodízio casal (homem e mulher) continua valendo de segunda a quinta no mês de fevereiro”.

Um leitor, heterossexual, comentou na página se o casal não poderia ser formado por dois homens ou duas mulheres e recebeu uma negativa como resposta.

Ao G1, o dono do estabelecimento, Fernando Carvalho, disse que não passou de um mal entendido. “Mais da metade da clientela do restaurante é composta pelo público LGBT. Infelizmente a imagem do restaurante foi prejudicada diante da repercussão do post”, afirmou.

O local, então, aumentou o preço de R$ 109,90 para R$ 119,90 e disse que a promoção é válida “no rodízio para cada duas pessoas, independente do sexo”. Eles informaram ainda que o restaurante não tem nenhum preconceito. A página depois foi tirada do ar.

No Estado de São Paulo vigora a Lei 10.948/2001 que pune discriminação por orientação sexual. A Assessoria de Políticas LGBT de Araraquara disse que orientou o proprietário sobre as possíveis punições mas disse acreditar que o melhor a fazer é dialogar. “Com diálogo, houve a compreensão por parte do proprietário e a retirada da postagem”, informou por meio de nota.

Ainda assim, um beijaço em sinal de protesto está agendado para a porta do estabelecimento para o próximo dia 17, às 20h.